Tenha a app minube
Veja tudo melhor e mais rápido
Download
Aonde queres ir?
Entrar com Google +
Recomendar um lugar
Gostas de Madrid ?
Partilha com todo mundo
Aonde queres ir?

Madrid

info
guardar
Guardado

172 opiniões sobre Madrid

10
Ver fotos de Viagens Lacoste
10 fotos

A capital espanhola está mais vibrant...

A Capital espanhola está mais vibrante do que nunca. Além de cultural como sempre foi Madrid está mais charmosa de ano para ano. Já visitei Madrid perto de 10 vezes e continuo a gostar muito. A excitante Plaza Mayor, as vibrantes ruas ao redor das Puertas del Sol, o comércio da Gran Via, o charme do Paseo de la Castellana ou o encanto do Museu do Prado vão fazer-me regressar sempre a Madrid.
Viagens Lacoste
3
Ver fotos de Paula
3 fotos

Madrid é uma cidade bastante grande c...

Madrid é uma cidade bastante grande com muitos pontos de interesse e que merece portanto pelo menos um fim de semana prolongado (e já agora porque não alguns fins de semana prolongados!) para voltarmos com uma boa sensação do que é viver em Madrid.

Porto - Madrid por 15 euros

Mas como os voos estão baratíssimos desde que a Ryanair voa para lá, decidi fazer uma pequena loucura: Queria saber o que se faz num dia numa cidade como Madrid.

Madrid em 24 horas

Porque sei que muitos de nós que até têm de ir a Madrid a trabalho, podem sempre ter um tempinho de sobra, resolvi fazer um percurso para um dia de visita, que pode estar na base do uma escapadela futura de dois ou três dias.

Chegada a Madrid no final da tarde
Vindos do Porto a viagem é curtinha de cerca de 45 minutos. No aeroporto de Madrid, Barajas o metro que nos leva ao centro de Madrid fica no Terminal. Pode comprar-se um bilhete simples (com suplemento) que custa 2€, para andar dentro da cidade uma viagem simples custa 1€. A rede de metro está muito bem distribuída por isso chega-se facilmente a muitos destinos da cidade de metro.

Hostal Santo Domingo
Optámos por este hostal em pleno centro da cidade. É pequenino, os quartos são mesmo pequeninos, mas conseguem ter tudo lá dentro! Não servem pequenos-almoços, mas tirando isso e o tamanho serviu perfeitamente para esta estadia. Muito limpo, cama confortável, duche e até secador de cabelo.

Jantar em Madrid
Como em qualquer capital, o que não falta são restaurantes! Mas antes de ir jantar, nada como fazer como os madrilenos depois de um dia de trabalho: Ir a um bar tomar uma cervejita e umas tapas. Aqui sugiro, a Casa Labra, na Calle Tetuan, um estabelecimento nas traseiras da Praça da Porta do Sol que existe desde 1860, é sentirmo-nos parte desta cidade no meio de madrilenos que saboreiam o bacalao e unas copas!
Para jantar, dependerá dos gostos de cada um, mas se não quiserem sair muito do centro, nesta mesma rua há um restaurante mais acima que serve boa comida espanhola com ênfase para a das Astúrias, e se quiser ir a onde os madrilenos vão, então procure um dos restaurantes a norte da Praça de Callau em direção à Praça de Espanha, procure na Calle de los Reyes.

Um dia em Madrid
O dia começou cedo para mim, mas definitivamente tarde para os madrilenos! O pequeno-almoço foi tomado num pequeno café próximo do hostal de Santo domingo, de aparência pouco romântica, mas com um delicioso sumo de laranja e um croissant igualmente delicioso! Depois fiz-me ao caminho.
O mais curioso nesta cidade é a vida só sair à rua lá para as 10:00. Antes disso, quase não há cafés abertos e lojas estão todas ainda bem fechadas. Os parcos transeuntes nem se notam, sendo portanto ideal para fazer fotos de arquitetura!
Comecei o meu percurso nas Portas do Sol,a praça central de Madrid a partir de onde se conta o quilómetro 0 das estradas espanholas, onde na passagem de ano as pessoas se reúnem para festejar o novo ano; onde fica o edifício que marca a história recente de Espanha: O edifício dos correios com a sua torre do relógio, onde no tempo de Franco muitos aí foram presos e torturados.

Madrid Antiga
Tendo o edifício dos Correios à minha frente, sigo para a minha direita pela bela e aristocrática Calle Mayor até à primeira entrada à esquerda para a Praça Mayor, começada em 1617, centro da Madrid Antiga, onde muitos eventos acontecerem desde touradas a julgamentos da Inquisição. Hoje há aqui vários cafés e ao domingo acontece uma feira de colecionismo. A saída sul leva à Calle de Tolledo onde aos domingos há o Rastro, a feira da ladra mais espetacular que já vi! No entanto, porque só tenho um dia e de qualquer maneira não é domingo, saio pelo canto sudoeste, descendo um lanço de escadas passando pelo Arco dos Cuchilleros para a rua com este nome. Aqui fica, dizem, o restaurante mais antigo de Madrid, o El Botin, que datará de 1725, onde quase nada mudou e o mesmo formo a lenha continua a assar borrego e cabrito. Subo a rua em direção novamente à Calle Mayor para passar em frente ao Mercado de San Miguel e depois sigo para a mais antiga praça de Madrid a Plaza de Vila. Daqui ao Palácio Real é um tirinho.
Este palácio foi construido para impressionar, aqui houve uma fortaleza, mas Filipe V mandou construir no seu lugar e após um incêndio um palácio que demoraria 17 anos a ser terminado. Foi habitado pela realeza até à abdicação de Afonso XIII, sendo hoje usado para eventos de estado (a família real vive num mais pequeno fora de Madrid). Daqui tem-se uma bela vista do Campo del Moro uns jardinsmuito agradáveis na margem do Rio Manzanares.
Eu, contudo, voltei pela Calle del Arenal, uma zona pedonal para as Portas do Sol. Concluindo assim uma pequena visita pela chamada Madrid Antiga, já que ainda há muita Madrid e a manhã já se aproxima da hora de almoço.

Madrid Bourbon
Do lado nascente de Madrid antiga, fica a chamada Madrid Bourbon, a zona que mais se desenvolveu sob esta dinastia. Aqui passei pela simpática praça de Sant'ana, à volta da qual à noite se pode participar na movida num dos muitos bares das ruas envolventes. Depois antes de seguir caminho e porque já estava esfomeada, fui almoçar (eu, que os Madrilenos, só daqui a cerca de 1 hora é que vão almoçar!) umas tapas bem saborosas ao bar de Tapas La Fábrica na Calle Jesus. Já mais composta segui então em direção a nascente terminado no Paseo del Prado. Aqui fica o museu com o mesmo nome, o Centro de Arte da Reyna Sofia, o jardim botânico e o delicioso Parque do Repouso, tudo a curta distância uns dos outros.
Um dia de visita não permite muito tempo para museus, e como já os tinha visitado ficarão para uma próxima escapadela a Madrid. Assim, ainda desci até à famosa estação de comboios de Atocha e depois subi o Paseo del Prado até chegar a uma das mais famosas praças de Madrid, a Plaza Cibeles.
Toda esta zona é mais monumental e imponente. As construções recuam ao Séc. XVIII, sendo portanto maiores do que as de Madrid Antiga. Grandes praças, grandes avenidas, um arco triunfal e edifícios majestosos compõem o cenário de Madrid Bourbon. Aqui ficam muitos dos museus e galerias de arte de Madrid. Tomo a Calle de Alcalá de regresso à Praça da Porta do Sol.
São cerca de 16:30 e o meu avião de regresso ao Porto sairá por volta das 18:30 pelo que está na hora de me preparar para o regresso. Ainda compro um "recuerdo" para o meu filho, compro o bilhete de metro e ala para o aeroporto.

Notas práticas

Bagagem
Se quiser fazer uma brincadeira destas, lembre-se de ir pouco carregado ou guardar a sua bagagem no seu hotel, depois terá de passar lá para a recolher! Para um dia não é preciso uma muda de roupa completa! Basta roupa interior, esqueça o pijama e a sua enorme maleta necessaire (evite levar frascos com gel de banho e creme, normalmente os hotéis têm esses produtos disponíveis, se no entanto assim preferir, leve frascos da Body Shop: 60 ml chegam para um dia e sobram. Não leve todos os cremes que usa no dia a dia: é mesmo só por um dia! Não vale a pena andar carregado!), coloque a escova de dentes e um pente ou escova numa bolsa plástica transparente e sobretudo a máquina fotográfica e baterias para trocar (que nem precisa de levar, pode sempre comprar no local!), sobretudo saiba que tempo o espera lá e vá adequadamente agasalhado e com calçado adequado!

Metro
É fácil andar de metro em Madrid, as sinalizações são boas e pode levar consigo logo no aeroporto um mapa.

Autocarro turístico
Esta é uma alternativa muito boa para quem não gosta ou não pode andar muito a pé. O bilhete custa à volta de 18€, é válido por 24 horas e para em todos os pontos de interesse pelo pode fazer o trajeto subindo e descendo nas várias paragens. Ao longo do trajeto pode ouvir a história da cidade e informações sobre os vários edifícios e locais em português.

Madrid, a capital espanhola está cada vez mais próxima. Um passeio de fim de semana justifica-se plenamente pela beleza da cidade, atividades lúdicas, a gastronomia e a simpatia e alegria de vida dos espanhóis. Vá la! Meta-se no próximo avião e em menos de uma hora estará a desfrutar de uma escapadela única!
Paula

Flores, amor e alto astral

Eu e minha amada dando um tempo nas andanças pela bela cidade.
Gil Coutinho

Tudo é incrível

Tudo é incrível
izabela
Ler mais 10
Publicar
8
Ver fotos de Sofia Santos
8 fotos

Um passeio pela noite madrid

Madrid é uma cidade cosmopolita, cheia de vida e suas ruas à noite são uma verdadeira festa. Conhecendo os verdadeiros Madrid monumental e espectacular edifícios iluminados merece uma rota especial por suas ruas mais famosas, o melhor começando com o Palácio Real, a Sol ea Plaza Mayor, e continuar ao longo da Calle de Alcalá de aposentadoria. Logo a Madrid do dia dá lugar à noite Madrid e muito charmoso.

Un paseo por madrid de noche

Madrid es una ciudad cosmopolita, llena de vida y sus calles por la noche son una verdadera fiesta. Conocer el verdadero Madrid Monumental y sus espectaculares edificios iluminados merece una ruta especial por sus calles más conocidas, al mejor empezando por el Palacio Real, pasando por Sol y la Plaza Mayor y seguir por la Calle de Alcalá hasta el Retiro.

En poco tiempo la Madrid de día da paso a la Madrid de noche y tiene mucho encanto.
Sofia Santos
Traduzir
Ver original
22
Ver fotos de Juan Gonzalez Ezcurra
22 fotos

Andando pela capital

Há poucos dias, antes da viagem para Madrid, eu queria me documentar o que esta bela cidade tem para vaguear paseante.Enfatizo como ver as maravilhas desta cidade tem para chutá-la (batendo os pés no chão). Em uma das muitas páginas que parecem, houve um que me chamou a atenção por sua graça e originalidade. 101 coisas a fazer em Madrid antes de morrer. - Visualizar o memorial ao 11-M-Mount Barco em Passeio lagoa-aposentadoria ao longo da Gran Vía-Compras no Atlantico-Street View Porta de Alcalá-Comer um sanduíche de lula na Plaza Mayor - Visita a Dom Quixote e Sancho na Praça de Espanha, Mercado de San Miguel Tapas - Visite o Palácio Real e Plaza de Oriente-passeio pelos jardins de Sabatini-Depress Km 0-Admirando-Plaza de la Villa Começando o dia Churros com uma fábrica de chocolate em San Gines Passeie por Tierno Galván Park-Admire os murais na Casa Bakery-Visite a Catedral de Almudena-Noite por Chueca e Malasaña-View ponte e portão Toledo-View Gran Via noite Admire as janelas da rua Serrano (se você puder, compre) - Perder-se em Madrid-Comer um prato de guisado de tripas e-Visit Madrid dia de sol e noite Como você vai ver que eu só ter jogado um Vinte por cento temos muito tempo. Tenho certeza de que se Deus quiser, nós conhecer o resto e muito mais. Madrid é uma cidade acolhedora, agradável e tranquilo até que eu encontrei.

Paseando por la capital

Hace pocos días,antes de realizar el viaje a Madrid,quise documentarme sobre lo que esta preciosa
ciudad esconde al paseante.Enfatizo lo de pasear ya que para ver las maravillas de esta ciudad hay
que patearla(golpeando con los pies en el suelo).
En una de las muchas paginas que mire,habia una que me llamo la atención por su gracia y originalidad.
101 COSAS PARA HACER EN MADRID ANTES DE MORIR.
- Ver el monumento en memoria al 11-M
-Montar en barca en el estanque del retiro
-Pasear por la Gran Vía
-Ir de compras a la Calle Preciados
-Ver la puerta de Alcalá
-Comer un bocadillo de calamares en la Plaza Mayor
- Visitar a Don Quijote y a Sancho en la Plaza de España
-Tapear Mercado de San Miguel
- Visitar el Palacio Real y la Plaza de Oriente
-Pasear por los Jardines de Sabatini
-Pisar el Km. 0
-Admirar Plaza de la Villa
-Empezar el día con unos Churros en la Chocolatería San Ginés
-Dar un paseo por el Parque Tierno Galván
-Admirar los murales de la Casa de la Panadería
-Visitar la Catedral de la Almudena
-Salir de copas por Chueca y Malasaña
-Ver el puente y la puerta de Toledo
-Ver la Gran Vía de noche
-Admirar los escaparates de la Calle Serrano (si puedes, compra)
- Perderte por Madrid
-Comer un buen plato de Cocido Madrileño y callos
-Visitar sol de día y a la noche
Como vereis solamente he cumplido un veinte por ciento,tenemos mucho tiempo.
Estoy seguro que si dios quiere,podremos cumplir el resto y muchas más.
Madrid es una ciudad acogedora,agradable y hasta me parecio tranquila.
Juan Gonzalez Ezcurra
Traduzir
Ver original
11
Ver fotos de ori
11 fotos

A madrid para o natal

Há muitas razões para ir para Madrid. Trabalho, estudo, gestão, lazer, etc Desta vez, o que nos motivou foi a curiosidade, a mera curiosidade de ver Madrid no Natal. Uma cidade em constante ebulição, por isso não é surpresa as multidões, mas desta vez foi o dole duas vezes lol ... Mas deixe este deixar de ser uma experiência agradável, porém mergulhar no clima de Natal na rua brilhante festa constante como era a sensação de que por um momento estávamos todos parte de um todo. Com as mesmas esperanças, motivações e esperanças, vivendo os últimos dias de um ano que, para melhor ou para pior e muito atrás e esperando ansiosamente por uma nova e melhor. Meu caminho para a praça principal estava tão cheio de curiosidade, em Madrid, naquela noite era esplendor até depronto em ruas adjacentes, fui confrontado com uma realidade constante. Hanbre, frio e negligência. Este é o outro lado da moeda .... Os passeios estão cheios de descobertas, alguns melhores que outros, o importante é não ficar indiferente. Como o cantor só peço a Deus .... Que a morte seca não encontra vazio e sozinho, sem ter feito o suficiente.

A madrid por navidad

Son muchas las razones para ir a Madrid. Trabajo, estudio, gestiones, ocio etc. Esta vez lo que nos motivo fue la curiosidad, la mera curiosidad de ver Madrid en Navidad. Una ciudad en constante ebullición, por lo que no sorprenden las aglomeraciones, aunque esta vez era el dole del doble jejeje...Pero no por esto dejo de ser una experiencia grata, por el contrario sumergirse en ese ambiente navideño de calles luminosas y en constante fiesta fue como sentir que por un momento todos formabamos parte de un todo. Con las mismas ilusiones, motivaciones y esperanzas, viviendo los últimos días de un año que para bien o para mal ya se queda atrás y esperando con anhelo uno nuevo y mejor.
Mi camino hacia la plaza mayor fue así lleno de curiosidad, en un Madrid que aquella noche rebosaba esplendor, hasta que depronto en las callejuelas contiguas, me di de bruces con una constante realidad. Hanbre, frio y abandono. Esta es la otra cara de la moneda....Los viajes están llenos de descubrimientos, unos mejores que otros, lo importante es no permanecer indiferente.
Como dijo el cantante solo le pido a Dios....Que la reseca muerte no me encuentre vacia y sola sin haber hecho lo suficiente.
ori
Traduzir
Ver original
6
Ver fotos de Miskita
6 fotos

Diz um autor italiano é frustrante te...

Diz um autor italiano é frustrante ter de ensinar a essência de uma cidade para os outros: amigos, turistas ou compromissos. Fiquei surpreso, porque a essência é verdade que cada um encontra em um lugar longe dos guias turísticos ou não, mas frustrante ver como a outra pessoa não é capaz de ver "sua essência urbana". Eu senti essa raiva recentemente. Leve um amigo para a Gran Vía, Extremadura e explicou por que ela foi construída de modo que depois Plaza Espanha (em Madrid nos itens engolir) menos de um século atrás, havia apenas campos e gado pastando ao lado do palácio de Lydia propriedade Duquesa de Alba. Eu deixá-lo ver as luzes da noite, teatros ... mas o frio paralisa meu amigo, que, através de Callao pensei que iria pôr de lado Avenue cheia de carros, e as obras de andaimes. Então eu trouxe em outra tentativa de Huertas, por trás do Sol, porque não está o fim de s Madrid. XIX, pelo menos eu aprendi com a mão de Galdos. Desta vez eu falar deste canário ilustre quase Madrid, e quantas barras têm uma clara alusão a ele, mas o meu amigo basta olhar para um conjunto chamado "A Truta", e eu perguntei sobre o estado de sexual o meu escritor favorito. Então eu removi o desejo de entrar La Fontana de Oro, café velho pub irlandês atual, que deu seu nome a uma de suas obras. Outra caminhada levou-o para a Plaza de Neptuno, Atlético de Madrid templo e sede do Palace Hotel. Eu falo do hotel, um pouco de estilo tipicamente parisiense de datas a sua construção e as razões para a sua construção. Mas eu perdi meu amigo, apenas perguntar se não há nada no estilo Madrid Madrid sem tirar os olhos dos carros estacionados na entrada do Hotel. Em Cibeles tentando dizer algo, mas o frio me faz batendo os dentes e naquele tempo eu e não parece o lugar de Madrid é sempre bom em todos os sentidos. Isso assusta-me ensinar Columbus, Velázquez, a Plaza Mayor ea Madrid Habsburgo, Paseo de Oriente e do Templo de Debob se eu descobrir que há pôr do sol é o mais bonito do mundo.

Dice un autor italiano que es frustante tener que enseñar la esencia de una ciudad a otras personas: amigos-turistas o compromisos.

Me hizo gracia, porque es cierto que la esencia cada cual la encuentra en un lugar alejado de las guías turísticas o no, pero frustra comprobar cómo la otra persona no es capaz de ver 'tu esencia urbana'. Yo he sentido esta rabia hace muy poco.

Llevé a un amigo extremeño a la Gran Vía y le expliqué el por qué la construyeron así, que tras Plaza España (en Madrid nos tragamos los artículos) hace menos de un siglo sólo había campo y el ganado pastaba próximo al palacio de Lidia, propiedad de la Duquesa de Alba. Le dejo ver las luces nocturnas, los teatros... pero el frío paraliza a mi amigo, que, al cruzar Callao pensó que ya habíamos dejado a un lado la Avenida llena de coches, obras y andamios.

Así que en otro intento le llevé a Huertas, por detrás de Sol, porque allí se esconde el Madrid de finales de s. XIX, por lo menos el que yo he aprendido de la mano de Galdós. En esta ocasión le hablo de este ilustre canario, casi madrileño, y de cómo muchos bares tienen una clara alusión a él, pero mi amigo sólo se fija en que un garito se llama 'La Trucha', y me pregunta por la condición sexual de mi escritor favorito. Así que se me quitan las ganas de entrar en La Fontana de Oro, antiguo café, actual pub irlandés, que dio nombre a una de sus obras.

En otro paseo le llevo a la Plaza de Neptuno, templo del Atlético de Madrid y sede del Hotel Palace. Le hablo del hotel, de su estilo un tanto parisino propio de las fechas de su construcción y de los motivos de su edificación. Pero ya he perdido a mi amigo, que sólo pregunta si en Madrid no hay nada de estilo madrileño sin quitar la vista de los coches que aparcan a la entrada del Hotel.

En Cibeles intento decir algo, pero el frío me hace castañear los dientes y en esos momentos a mí ya no me parece el lugar de Madrid que siempre es bonito en todas las direcciones. Ya me da miedo enseñarle Colón, Velázquez, la Plaza Mayor y el Madrid de los Austrias, el Paseo de Oriente y el Templo de Debob por si descubro que, los atardeceres allí no son los más bellos que existen.
Miskita
Traduzir
Ver original
69
Ver fotos de María Belén Gaitán Nieto
69 fotos

Passeando por madrid. explore a cidad...

Passeando por Madrid. Explore a cidade com suas cores do outono, cultura telhados mergulhada, cantos castizos e cheio de lendas ... O céu, o céu de Madrid. É difícil descrever o seu encanto. Passeando por Madrid. Explore a cidade com suas cores do outono, cultura telhados mergulhada, cantos castizos e cheio de lendas ... O céu, o céu de Madrid. É difícil descrever o encanto

Pasear por Madrid. Descubrir la ciudad con sus colores de otoño, sus tejados impregnados de cultura, rincones castizos y llenos de leyendas... Su cielo, el cielo de Madrid. Es difícil describir su encanto.

Pasear por Madrid. Descubrir la ciudad con sus colores de otoño, sus tejados impregnados de cultura, rincones castizos y llenos de leyendas... Su cielo, el cielo de Madrid. Es difícil describir su encanto
María Belén Gaitán Nieto
Traduzir
Ver original
30
Ver fotos de Badabilen Gizona
30 fotos

A bela madrid

Madrid, a capital do Estado espanhol é uma cidade que tem uma série de cantos nas ruas para desfrutar de qualquer um. Cultural, festivo, arquitectónico ou gastronômico Entre os belos edifícios que estão divididos entre modernidade e antiguidade, é propício para tentar a sua noite excelente paella e se maravilhar com as luzes bonitas que enfeitam seus monumentos. Um encantador ...

La bella madrid

Madrid, como capital del Estado español es una ciudad que guarda un sin número de recovecos dentro de sus calles para el disfrute ya sea cultural, festivo, arquitectónico o gastronómico. Entre los bellos edificios que se debaten entre la modernidad y la antigüedad, es propicia para ir a probar una excelente paella y a la noche maravillarse con las bellas luces que adornan sus monumentos. Una ciudad encantadora...
Badabilen Gizona
Traduzir
Ver original
122
Ver fotos de Angel Antona Molero
122 fotos

Um pequeno passeio ao redor do madrid dos austirias

Madrid de los Austrias, também chamado de bairro Austrias, uma grande área da capital espanhola é conhecido, nenhuma entidade administrativa para o layout medieval primitiva da cidade e expansão urbana iniciada pelos monarcas da Casa de Áustria, a partir dos reinados de Charles I e, especialmente, Filipe II, que, em 1561, estabeleceu o Tribunal, em Madrid. A fins turísticos, o nome é usado para promover os monumentos de uma grande parte dos distritos administrativos da Sun Palace, o que representa cerca de um quarto daquela zona. Em adição ao seu sentido geográfico, o termo antigo Madrid também tem um significado histórico. De acordo com esta perspectiva, o termo é usado para descrever a evolução, preferencialmente urbano, cidade, entre os reinados de Charles I (r. 1516-1556), o primeiro dos Habsburgo e Carlos II (r. 1665-1700), com o qual a filial espanhola da dinastia morreu

Una pequeña ruta turistica por el madrid de los austirias

Por Madrid de los Austrias, también llamado barrio de los Austrias, se conoce una amplia zona de la capital española, sin entidad administrativa, correspondiente al primitivo trazado medieval de la ciudad y a la expansión urbanística iniciada por los monarcas de la Casa de Austria, a partir de los reinados de Carlos I y, especialmente, de Felipe II, que, en el año 1561, estableció la Corte en Madrid. A efectos turísticos, el nombre se emplea para promocionar los conjuntos monumentales de una gran parte de los barrios administrativos de Sol y Palacio, que representa aproximadamente una cuarta parte de la citada zona. Además de su acepción geográfica, el término Madrid de los Austrias también tiene una acepción histórica. Según esta perspectiva, la expresión se emplea para designar la evolución, preferentemente urbanística, de la ciudad entre los reinados de Carlos I (r. 1516–1556), el primero de los Austrias, y Carlos II (r. 1665–1700), con el que se extinguió la rama española de esta dinastía
Angel Antona Molero
Traduzir
Ver original
18
Ver fotos de Synda
18 fotos

Hotéis centro de madrid são geralment...

Hotéis centro de Madrid são geralmente edifícios altos com muitos andares você poderá desfrutar de uma magnífica vista sobre os telhados de Madrid a partir de sua janela ou telhado do hotel. Não perca esta extravagância, você terá um panorama de tirar o fôlego dos muitos monumentos de interesse Madrid. Advice, acesse Circulo Bella Artes abre seu terraço no 7 º andar com uma bela vista para as colinas da cidade. Aberto ao público aos sábados e domingos.

Les hôtels du centre-ville de Madrid sont généralement de hauts immeubles à nombreux étages qui vous permettront de bénéficier d’une vue sublime sur les toits de Madrid à partir de votre fenêtre ou du toit de l’hôtel. Ne ratez pas ce spectacle somptueux, vous aurez un panorama à couper le souffle sur les nombreux monuments d’intérêt madrilènes.
Un conseil, allez au Circulo Bella Artes qui ouvre sa terrasse au 7ème étage offrant une très belle vue sur les hauteurs de la ville. Ouvert au public les samedis et dimanches.
Synda
Traduzir
Ver original
2
Ver fotos de jmgarcia
2 fotos

Iluminação navidea

Agora que estes abordagem datas, lembre-se que se fugir para Madrid na ponte da Imaculada, particularmente 6-10 de dezembro, foi em 2006. A experiência foi extraordinária, ver tudo iluminado centro de Madrid, Puerta del Sol, as ruas adjacentes, as fachadas das lojas de departamento e, especialmente, a experiência da Plaza Mayor, bonito, com a sua atmosfera de mensagens de Natal. Recordamos o filme clássico que viu tanto para o Natal na única estação de televisão, a família ou a família, quando Pepe Isbert, em seu papel de avô, estava desesperado para Chencho, seu neto. Talvez os jovens não sabem o que quero dizer, mas finalmente jornada cativante Eu recomendo a qualquer um que pode sair durante esses dias, porém, atente para restaurantes, no ponto de tempo lutava para encontrar a comer nas instalações da escola por o número de pessoas.

Iluminación navideña

Ahora que se acercan estas fechas, recuerdo una escapada que hicimos a Madrid en el puente de la Inmaculada, concretamente desde el 6 al 10 de diciembre, fue en el año 2006. La experiencia fue extraordinaria, ver todo el centro de Madrid iluminado, la Puerta del Sol, las calles adyacentes, las fachadas de los grandes almacenes y, sobre todo la experiencia de la Plaza Mayor, preciosa, con su ambiente de puestos navideños. Nos recordaba la clásica película que tanto veíamos por navidad en la única cadena de televisión, la familia o la gran familia, cuando Pepe Isbert, en su papel de abuelo, buscaba desesperadamente a Chencho, su nieto. Quizás los más jóvenes no sepan de qué hablo, pero, en definitiva, un viaje entrañable que recomiendo a cualquiera que pueda escaparse durante esos día, eso sí, cuidado con los restaurantes, en hora punto costó encontrar donde comer en los locales del centro por la cantidad de personas.
jmgarcia
Traduzir
Ver original
16
Ver fotos de Carmen Pérez Ugarte
16 fotos

Uma cidade que sempre tem que voltar

Madrid tem quase tudo, talvez só falta o mar ... Aqui você vai encontrar a magia da história, a beleza de seus edifícios, à luz de seus parques, o ritmo das ruas, mas também a calma de seus cantos. A oferta cultural é enorme e para todos os gostos, como o gastronômico, é tão vital e moderno, como o gosto isolado e antigua.Nunca decepciona.Un curta viagem, mas prolongada

Una ciudad a la qué siempre hay que volver

Madrid lo tiene casi todo, quizás sólo le falta el mar...

En ella encuentras la magia de la historia, la belleza de sus edificios, la luz de sus parques, el ritmo de sus calles pero también la calma de sus rincones.

La oferta cultural es enorme y para todos los gustos, igual la gastronómica, es tan vital y moderna, como recoleta y antigua.Nunca decepciona.Un viaje corto pero de sabor prolongado
Carmen Pérez Ugarte
Traduzir
Ver original
12
Ver fotos de Turiscapadas
12 fotos

Uma das coisas que gosto de fazer em ...

Uma das coisas que gosto de fazer em Madrid, é ler as informações nas placas muitas que enfeitam as fachadas. Placas de informar-nos de que morava lá, que nasceu, que foi ... É curioso, para um estrangeiro como eu, ver muitas pessoas famosas, que era em torno desta cidade incrível.

Una de las cosas que más me gusta hacer en Madrid, es leer la información que aparece en la gran cantidad de placas que adornan las fachadas.

Las placas nos informan de quién vivió allí, quién nació, quién estuvo...

Resulta muy curioso, para alguien de fuera como yo, ver la gran cantidad de gente famosa que rondaba en esta increíble ciudad.
Turiscapadas
Traduzir
Ver original
Publicar
Ler mais 10

Informação Madrid

Contato de Madrid
91 4548800
91 4548800
Morada de Madrid
Madrid, Spain
Madrid, Spain
Ver mais