Na app poderás ver muito mais, e bem mais rápido
Download
Aonde queres ir?
Gostas de Amazonas ?
Partilha com todo mundo
Entrar com Google +

O que visitar em Amazonas

14 colaboradores

5 lugares que ver em Amazonas

De interesse turístico en Amazonas
Boto-cor-de-rosa
(4)
Os botos, como é conhecido na Amazônia brasileira, é o golfinho-cor-de-rosa. Quando visitar esta área da Amazônia, não perca a oportunidade de ter o contato com esses lindos animais em seu habitat natural, para ter essa experiência única e inesquecível.
Reservas Naturais en Amazonas
Floresta Amazônica
(3)
Aprendi muito sobre a vida, durante 45 dias viajei pela Floresta Amazônica gravando programas sobre Manejo Florestal Sustentável, um contato magnífico com pessoas incríveis, estruturas de habitação inusitadas, natureza e cotidianos diferentes das grandes metrópoles, uma experiência muito rica que nós mostra a possibilidade de um convívio harmônico com a natureza que lá se mostra de forma mágica, parecendo retribuir aos habitantes a gratidão da preservação através de visuais fenomenais.
De interesse turístico en Amazonas
RPPN Revecom
(2)
O apaixonado médico Paulo Amorim comprou essa área de 17 hectares para garantir que ela continuasse preservada e não fosse vendida para alguma grande empresa. Ele mesmo é quem acompanha o grupo na trilha Maracá e ensina o nome das árvores, das flores e dos pássaros que acompanham escondidos os visitantes. No local há um bonito trabalho de criação e reabilitação de espécies silvestres capturadas em fiscalizações ambientais. Os visitantes conhecem as histórias de cada animal e saem de lá apaixonados pelos bichos. Horário de funcionamento: Diariamente, com saídas às 8h e às 13h. Preço: R$10 (adultos e crianças acima de 06 anos); R$5 (crianças de 03 a 06 anos); Gratuito (crianças até 02 anos, idosos e portadores de necessidades especiais)
Selva en Amazonas
Eco-lodge Acajatuba
(2)
Em 2005 fiz uma viagem ao Brasil que incluiu vários pontos emblemáticos deste enorme país. Um desses locais foi a região do Amazonas. A parecer um litoral marítimo, tal é o tamanho do rio Amazonas, a floresta densa e compacta apresenta-se, mal se sai de Manaus de barco. Na altura decidimos, um grupo de 5 pessoas, passar 5 dias num alojamento de selva, um eco-logde e conhecer um pouco esse tesouro da humanidade. A estadia neste eco-lodge começa logo em Manaus, onde um barco nos veio buscar para levar numa viagem de cerca de 3 horas para o lodge. Não sem antes pararmos no Encontro das Águas, um fenómeno curioso na desembocadura do rio Solimões com o rio Negro, onde ambos os rios nas suas cores e densidades diferentes em vez de se misturarem, mantêm a sua independência. Durante a viagem foi ainda servida uma caldeirada com peixe local - não perguntem o quê, lá há peixes incríveis, que não existem em mais lado nenhum! O eco-lodge fica a cerca de 40 km de distância de Manaus na margem do rio Negro, embrenhado na selva e de que apenas se vê a cabana do restaurante e o cais de acesso. É composto por várias cabanas redondas, estilo malocas (as cabanas que se encontram na região) com 2 apartamentos por cabana. A eletricidade é aqui um bem escasso e de luxo, assim a partir das 10 horas da noite ou não há eletricidade, ou há lâmpadas de baixa voltagem alimentadas por baterias, para não provocar ruído nem incomodar os animais noturnos. No restaurante é servida comida internacional, mas verdadeiramente deliciosa é a comida local já que é sobretudo à base de peixe simplesmente delicioso, como o pirarucu ou o tucunaré. A estadia num destes lodges esta sempre associada a pacotes que podem ser de um ou vários dias com atividades que incluem passeios de barco pelos igarapés - pequenos rios que atravessam as matas e igapós - corregos de mata inundada, pesca de piranhas, um passeio noturno para procurar jacarés e visitas a aldeias de índios e caboclos e passeios pela selva. Qualquer destes passeios é imperdível. A calma do rio contrasta com o fervilhar de vida selvagem no interior da selva e nas profundezas do rio, observam-se araras, preguiças e jacarés e muito mais. A selva envolve-nos e devolve-nos o bem-estar que a selva da cidade nos tirou. Aqui não a vida não para, mas também não corre apressada. Passam-se os dias rodeados de experiências únicas e muito naturais. Nessa viagem que fiz ao Brasil, os dias passados no Amazonas foram a todos os níveis memoráveis, deixando saudade e vontade de voltar. Notas Práticas: Quando ir - Em princípio qualquer altura é boa, de ter em conta no entanto, que entre Maio e Julho as águas do rio estão no nível máximo, permitindo passeios de barco por entre as copas dar árvores nos igapós e baixam entre Agosto e Fevereiro. A diferença de nível pode ir de 10 a 14 metros! Mosquitos - Como este lodge se encontra na margem do rio Negro de teor ácido, há poucos mosquitos, mas qualquer passeio para o interior da selva, vai ter por companhia exércitos deles, por isso deve-se levar roupa branca que cubra todo o corpo, bem como chapéus. A roupa deve ter sido previamente impregnada. Pacotes - Há pacotes para estadias que vão desde 2 a 5 dias. Aconselho os de 4 a 5 dias, pois seria uma pena ter vindo até aqui e não usufruir desta região tão especial. Humidade e calor - A 3 graus do equador o calor aqui é intenso e o teor de humidade do ar é muito alto sendo por isso difícil secar roupa que se tenha lavado!
De interesse turístico en Amazonas
Morro do Cristo
Por do Sol no Morro do Cristo em Porto Amazonas é maravilhoso
Atividades em Amazonas
GetYourGuide
(12)
153,26
GetYourGuide
(10)
229,90
GetYourGuide
(1)
306,53
GetYourGuide
(5)
69,74
GetYourGuide
(2)
9,20
GetYourGuide
(2)
91,96
GetYourGuide
107,29
GetYourGuide
95,02
GetYourGuide
141,77
GetYourGuide
(32)
42,30
GetYourGuide
(16)
165,53
GetYourGuide
(3)
220,70
GetYourGuide
(7)
275,88
GetYourGuide
(4)
49,05
GetYourGuide
229,90
GetYourGuide
(1)
61,31
Destinos próximos mais populares