Aonde queres ir?
Entrar
O meu perfil
Edita o teu perfil
Sair
Deixa a tua opinião
Publicar

Miradouro de Santa Luzia

+10
--
Horário
Segunda-feira
10:00 - 0:00
Terça-feira
10:00 - 0:00
Quarta-feira
10:00 - 0:00
Quinta-feira
10:00 - 0:00
Sexta-feira
10:00 - 0:00
Sábado
10:00 - 0:00
Domingo
10:00 - 0:00

3 opiniões sobre Miradouro de Santa Luzia

Uma igreja entre miradouros

A Igreja de Santa Luzia é um pequeno templo de culto religioso, localizado no coração de Lisboa, entre o Miradouro das Portas do Sol e o Miradouro de Santa Luzia, no limite entre Alfama e o Castelo.

É uma igreja antiga apesar de não ser o templo original. O primeiro templo terá sido construído neste mesmo local, durante o reinado de D. Afonso Henriques, primeiro Rei de Portugal, no século XII. Sob esse templo foi construído este, já no século XVIII. Com o terramoto de 1755 sofreu danos sérios tendo sido depois reconstruida, com algumas alterações.

Está localizada num dos mais bonitos locais da cidade.

Ler mais
+3

História

Excelente

As paredes da Igreja de Santa Lucia, acima da Catedral, são azulejos pinturas históricas sobre a cidade de Lisboa. Azulejos azuis bem na tradição portuguesa. Você pode ver uma representação do lugar du Commerce no século XVII e na outra "matriz", a captura de Lisboa pelos cruzados, assim como a morte de Martim Moniz, herói Português que, ao preço de sua vida, impediu os mouros para fechar uma das portas do castelo, promovendo assim o ataque de 1 Alfonso. Não muito longe, na trama abaixo, outra parede está coberta com azulejos, representando uma visão geral de Lisboa, é bastante notável.

+2

A Igreja de Santa Luzia

Excelente

A Igreja de Santa Luzia situa-se em Lisboa, junto ao mirante de Santa Luzia, onde é possível obter algumas das mais belas vistas da cidade. É uma pequena igreja, cujas paredes são revestidas com o típico azul e branco de azulejos portugueses. Sua construção foi iniciada pela ordem militar de Malta.

+2
Conhece este lugar?
Partilha as tuas fotos e opinião para ajudar outros viajantes a descobrirem