Na app poderás ver muito mais, e bem mais rápido
Download
Aonde queres ir?
Gostas de Hainaut ?
Partilha com todo mundo
Entrar com Google +

O que visitar em Hainaut

178 colaboradores
Os mais visitados em Hainaut
Catedrais en Tournai
Notre Dame Cathedral in Tournai
(5)
Aeroportos en Gosselies
(15)
De interesse cultural en Charleroi
Casa Dorada
(1)
Zonas de Compras en Charleroi
Passagem do Saco
(1)
Zonas de Compras en Charleroi
(6)
Igrejas en Charleroi
Church of St. Christopher
(6)
Monumentos Históricos en Tournai
Grand-Place de Tournai
(3)
De interesse cultural en Charleroi
Baudouin Bridge
(3)
Praças en Charleroi
Praça Manege
(3)
Cidades en Tournai
(6)
Praças en Tournai
(4)
Estátuas en Charleroi
Jules Destree Statue
(1)
Praças en Mons
La Grande Place
(4)
Zoos en Brugelette
Pairi Daiza
(5)
Municípios en Charleroi
Town Hall of Charleroi
Cidades en Charleroi
Charleroi
(1)
Museus en Charleroi
Museum of fine arts
(2)
Monumentos Históricos en Charleroi
Charles II Square
(1)
Monumentos Históricos en Tournai
Grand-Place de Tournai
(3)
Monumentos Históricos en Charleroi
Charles II Square
(1)
Monumentos Históricos en Tournai
(1)
Monumentos Históricos en Charleroi
Monumentos Históricos en Tournai
(1)
Monumentos Históricos en Mouscron
(1)
Museus en Charleroi
Museum of fine arts
(2)
Museus en Tournai
(2)
Museus en Charleroi
Museus en Boussu
(2)
Museus en Boussu
(1)
Museus en Charleroi
(2)
Museus en Mons
Museus en Mons
(2)
Museus en Mons
(1)
Museus en La Louvière

85 lugares que ver em Hainaut

Catedrais en Tournai
Notre Dame Cathedral in Tournai
(5)
A Notre-Dame de Tournai é um dos lugares mais destacados da Bélgica. Localizado ao sul do rio Escalda está feito de pedra cinza-azulada, muito comum na região. A construção deste edifício remonta ao século XII e tem três tendências arquitetônicas, de acordo com as construções que se foram adicionando ao longo de sua história, por exemplo, a nave é estilo românico porque tem elementos como linhas severas e pesadas, muito típico deste estilo, o coro, é tipo gótico, finalmente, o transepto é um estilo de transição, que tem influência de ambos, a combinação destes estilos é o grande responsável pela aparência original do edifício. À parte do transepto é a que mais chama a atenção ao visitar esta catedral, pois nele se localiza um campanário que tem cinco torres de cúpula abside, essas torres são quadradas, mas variam em seus detalhes, por exemplo, alguns dos arcos que lhes adornam são semicirculares e outros são apontados, o que torna clara a fusão de estilos presentes nesta seção do edifício.
Aeroportos en Gosselies
(15)
De interesse cultural en Charleroi
Casa Dorada
(1)
A casa da imprensa Para os amantes da Art Deco, existem 3 prédios excepcionais que são monumentos classificados: a Maison Doree, a Maison Lafleur e a Maison des Médecins. A Casa Dourada foi construída no 1899 pelo arquiteto Frere, em nome de um rico industrial, tem uma fachada coberto de graffiti. Hoje abriga a casa da imprensa.
Zonas de Compras en Charleroi
Passagem do Saco
(1)
A elegante Passage de la Bourse é obra do arquitecto Legraive quem a construiu a partir do antigo convento dos capuchinhos. É um prazer caminhar pelo interior quando chove e faz frio já que nesta galeria estamos salvaguardados e não deixamos de receber a mesma luz da rua que atravessa o telhado de vidro. Existem vários cafés, duas livrarias (entre elas a de Fafouille à qual dedicaram um canto), um enorme centro cultural e a redacção de uma das publicações mais lidas na Bélgica, o diário desportivo La Dernière Heure.
Zonas de Compras en Charleroi
(6)
Igrejas en Charleroi
Church of St. Christopher
(6)
A igreja de Saint Cristophe, no início do século XIX se mantem Excessivamente belo, apesar da umidade, tão tipico da região, porém a umidade dá uma cor verde à sua cúpula. Ele está localizado na Praça de Carlos II e é um dos lugares mais encantadores em Charleroi. Especialmente nesta época do outono que se aproxima o Natal. As árvores têm cores espetaculares: Vermelhos, marrons e amarelos são intensificadas mini-lâmpadas penduradas nos postes de iluminação sub-repticiamente. Na praça ja foram instaladas barracas onde se podem vender futuros presentes (sorrisos ou caretas futuras ... "Desculpe, mas você não pode disfarcar o que eu vejo horrível").
Monumentos Históricos en Tournai
Grand-Place de Tournai
(3)
Tournai é uma pequena cidade, que passa despercebido na Bélgica, onde a Bruges, Ghent e Bruxelas são transportados quase toda a atenção, mas existem outras cidades que valem a pena visitar, como Tournai, que tem uma impressionante Catedral, Património Mundial da Unesco, bem como a sua "Befroi" (uma torre de sino), e além disso, ruas e praças charmosas. Para saber mais, você terá que descobrir sozinho.
De interesse cultural en Charleroi
Baudouin Bridge
(3)
A Ponte Baudouin que permite atravessar da estação do Sul de Charleroi à cidade, está ladeado por uma escultura de cada lado: a Metalúrgico e Mineiro, artista Constantin Meunier. Essas profissões são muito arraigadas nesta área da Bélgica, uma vez que após a revolução industrial todos os produtos de suas indústrias (química, elétrica, metalúrgica, farmacêutica, têxtil e alimentaria) chegavam a Bruxelas através do canal de Charleroi, seu principal meio de comunicação.
Praças en Charleroi
Praça Manege
(3)
Grillade Doner gold fish. Pitta Centre. Café Theatre. Brasserie. Duvel. Jupiler Grill Royal Snack. Estas palavras em tamanho monumental feitas em néon que rodeiam um estacionamento de carros convertem a praça Manege numa das mais foleiras que já vi. É uma pena que nesse mesmo lugar se encontre o museu de Belas Artes porque a dor que se sente nos olhos faz com que não consigas ver nada até fazeres uma intensa e prolongada desintoxicação luminosa. Vale a pena ir ver esta praça ainda que não tenha provado nenhuma pita nem nenhum snack royal (A realeza come comer de plástico? Que paradoxo...). Também não bebi nenhuma cerveja Jupiter já que segundo o anúncio só sai barata aos homens.
Cidades en Tournai
(6)
Praças en Tournai
(4)
Estátuas en Charleroi
Jules Destree Statue
(1)
Advogado e politico social O azevinho sempre me emociona porque na Espanha está em perigo de extinção e é protegidíssimo. Cada vez que o vejo tenho um forte sentimento de cuidar maternalista como nunca cuidei nada antes. Com esses pensamentos na minha cabeça e os sentimentos do meu corpo, eu estava usando a "flor" em minha câmera quando eu vi que por trás das bolas vermelhas e folhas, agudas, ovaladas, verde e amarelo havía um homem silencioso e expressivo no mesmo tempo. Um homem cujo nome estava aos seus pés. Jules Destrée descreve-o no panfleto de turismo de uma maneira que faz você permanecer da mesma maneira: "o homem múltiplo e decididamente moderna, cujas ações estão no final do século XIX e início do século XX." Na verdade, era um advogado social e político que denunciou a falta de espírito patriótico entre os belgas na sua obra "Il n 'ya pas de Belges". Um homem que, sem dúvida, gostava de vodka e quando acabava as garrafas fica com a tampa da garrafa como um souvenir.
Praças en Mons
La Grande Place
(4)
A Grande Place de Mons é a praça onde se encontra a câmara municipal (Hôtel de Ville). É uma praça agradável para tomar un krek (cerveja com sumo de framboesa, ou de outras frutas, bebida típica da Bélgica) nos dias de sol ou comer em qualquer um dos muitos restaurantes e cafés da praça. Depois pode descer pela Rue Grande, fazer algumas compras e tomar uma sobremesa ou lanche em alguma pastelaria.
Zoos en Brugelette
Pairi Daiza
(5)
É assim que as placas indicam quando se chega em Pairi Daiza. Trata-se de um zoológico e jardim botânico. Em Persa, significa "jardim fechado". São 55 hectares divididos em núcleos. Cada núcleo possui um tema, por exemplo "Cité de Immortels", ou cidade dos imortais, no qual avistamos pandas, aves, tartarugas e outros animais e possui a temática oriental. Cada núcleo possui uma estadia de suporte com toaletes e/ou lanchonetes e restaurantes. A decoração é incrível e bastante detalhista. Observando o chão e os muros, vemos que há desenhos esculpidos nas pedras: borboletas, aranhas, etc. Há caixas de som disfarçadas de pedras espalhadas por todo o parque e a música é escolhida de acordo com o ambiente, o que confere um ar mágico ao passeio. Há também parques espalhados para que as crianças possam brincar. Não é difícil ver adultos e idosos se divertindo nos parques ou nas pontes que ligam as árvores. Há uma brasserie para que possamos degustar uma boa cerveja ao final do passeio. Confesso que o passeio me deixou imensamente emocionada. Foi um dos dias mais felizes da minha vida.
Municípios en Charleroi
Town Hall of Charleroi
A cidade de Charleroi está localizado, como poderia ser de outra forma, na Praça de Roi Charles. Em 1887, ele deixou de ser o Palácio da justiça, a Câmara Municipal, depois de um monumental trabalho realizado pelos arquitetos Joseph André e Jules Cézar, combinando o classicismo e art deco. Nas laterais existem duas alegorias de Marcel Rrau: a família e a administração municipal. Os baixos-relevos de varandas, trabalho de Óscar de Clerck, representam diferentes questões que interessam à prefeitura: Finanças, contabilidade pública educação, polícia, casamentos, nascimentos e mortes. O interior é decorado com mármore e cobre, madeira e estofados luxuosos acabamentos. Não só o edifício é a sede da prefeitura, mas também do Museu de belas artes, que pode ser acessado por outra entrada na Praça do Manege. A porta é uma torre com 47 sinos que jingle toda vez. O rebato foi declarada de interesse artístico no Patrimônio Mundial da UNESCO.
Cidades en Charleroi
Charleroi
(1)
O berço das historias em quadrinhos belga No 1666, os Países Baixos espanhóis, para as ambições expansionistas de Luis XVI decidiu equipar a vila de Charnoy de uma fortaleza. Ela adotou o nome de Charleroir em homenagem ao rei espanhol Calos II. No ano seguinte, a França tomou a cidade, desenhando a cidade atual, com o plano superior e inferior hexagonal e com o traçado concêntrico das ruas. Esta cidade é o berço da história em quadrinhos belga e é possível encontrar Spirou, Marsupilami ou Lucky Luke passeando pelo centro ou no metrô. Tem especial interesse na Praça Charles II, a passagem da bolsa, ou vários edificios de arquitetura modernista.
Museus en Charleroi
Museum of fine arts
(2)
Situado atrás da majestosa torre do relógio da praça Charles II, as coleções do Museu de Belas Artes são baseadas nas obras de artistas belgas do século XVI até a atualidade. Pode-se admirar excelentes paisagens industriais de Pierre Paulus e a Anunciação de Paul Delvaux. Possui uma sala inteira dedicada a René Magritte, que mostra o início de sua carreira e seu período surrealista.
Monumentos Históricos en Charleroi
Charles II Square
(1)
Nesta praça, berço da fortaleza de Charleroi, encontra-se a Basílica de San Cristobal (1801) e a Prefietura(1936), uma obra monumental dos arquitetos Joseph André e Jules César, onde se misturam o clássico e o art deco. Ao lado da Torre de Vigia há uma torre de 70 m com carrilhão com 47 sinos, declarado um Património Mundial pela UNESCO. A cidade está decorada com um estilo suntuoso Art Deco, com mármore, cobre, rica talha, esculturas e tapeçarias.