Na app poderás ver muito mais, e bem mais rápido
Download
Aonde queres ir?
Gostas de Xangai ?
Partilha com todo mundo
Entrar com Google +

O que visitar em Xangai

686 colaboradores
Os mais visitados em Xangai
Bairros en Xangai
The Bund
(24)
Jardins en Xangai
Jardim Yuyuan
(14)
De interesse cultural en Xangai
Torre Jin Mao
(10)
Cidades en Xangai
Shanghai pela noite
(12)
De interesse cultural en Xangai
Shanghai World Financial Center
(12)
Zonas de Compras en Xangai
Rua Nanjing
(10)
De interesse turístico en Xangai
Torre Pérola Oriental
(3)
Templos en Xangai
Templo do Buda de Jade
(9)
Praças en Xangai
Praça do Povo
(3)
Ruas en Xangai
Rua Wujiang
(2)
Estações de Comboio en Xangai
Estaçao de Trem Maglev
(6)
Zonas de Compras en Xangai
Xintiandi
(2)
Lojas en Xangai
De interesse turístico en Xangai
Túnel do Rio Huangpu
(2)
Museus en Xangai
Museo de Xangai
(4)
De interesse cultural en Xangai
Qibao
(4)
Ruas en Xangai
Rua Wujiang
(2)
Ruas en Xangai
(1)
Ruas en Xangai
(1)
Ruas en Xangai
Ruas en Xangai
(1)
Ruas en Xangai
Ruas en Xangai
Ruas en Xangai
Ruas en Xangai
Ruas en Xangai
(1)
Ruas en Xangai
Ruas en Xangai
Ruas en Xangai
Ruas en Xangai
Ruas en Xangai
Ruas en Xangai
Ruas en Xangai
(1)
Ruas en Xangai
Ruas en Xangai
Ruas en Xangai
Jardins en Xangai
Jardim Yuyuan
(14)
Jardins en Xangai
Parque Taipingqiao
Jardins en Xangai
Jardins en Xangai
Jardins en Xangai
Jardins en Xangai
(1)
Museus en Xangai
Museo de Xangai
(4)
Museus en Xangai
Museu do Planejamento Urbano
(1)
Museus en Xangai
(2)
Museus en Xangai
(1)
Museus en Xangai
Museus en Xangai
(1)
Museus en Xangai
Museus en Xangai
(1)
Museus en Xangai
(1)
Praças en Xangai
Praça do Povo
(3)
Praças en Xangai
(3)
Praças en Xangai
Praças en Xangai
Praças en Xangai
Praças en Xangai

264 lugares que ver em Xangai

Bairros en Xangai
The Bund
(24)
Os antigos símbolos da hegemonia ocidental em Shanghai podem-se ver em forma de edifício no Bund, antigo bairro colonial. Esta é uma das zonas de interesse histórico mais importantes desta metrópole chinesa, e aqui é onde se podem contemplar as fachadas neoclássicas construídas pelos europeus na primeira metade do século XX. O famosos Peace Hotel ou o edifico do banco de Hong Kong e Shanghai (HSBC), de 1923 e que é um dos mais importantes.
Jardins en Xangai
Jardim Yuyuan
(14)
Nos famosos jardins de Yuyuan, na cidade chinesa de Xangai, na parte este deste país, há uma famosa fonte da sorte onde os turistas param para deitar lançar enquanto pedem um desejo. A tradição diz que quanto mais se aproxime a tua moeda do buraco frontal da fonte, mais riqueza terá a pessoa no futuro. Não sei se isto será verdade, mas a fonte estava a abarrotar de moedas quando fui, e ninguém à minha volta conseguiu resistir a entrar no jogo...!
De interesse cultural en Xangai
Torre Jin Mao
(10)
A torre Jinmao é um dos mais espectaculares arranha-céus em Xangai e em toda a Ásia, que, com os seus oitenta e oito andares e 420,5 metros de altura, está na sexta posição no ranking de prédios mais altos do mundo. Já foi em tempos a torre mais alta da China, embora estas listas cada vez se desactualizam mais rapidamente. Subir ao seu miradouro mais alto custa cerca de 5 euros e é uma experiência que vale a pena, pois desde aí têm-se as melhores vistas da cidade, incluso mais bonitas do que desde a vizinha Pérola do Oriente. A fachada é de inspiração art deco e os seus elevadores são ultra-rápidos. Nos andares superiores é o Grand Hyatt Hotel. A estação de metro mais próxima é Lujiazui.
Cidades en Xangai
Shanghai pela noite
(12)
Continuação da minha viagem para Xangai. Em outubro de 2008 viajei a Shanghai para um conferência; isso, juntamente com o fato de viajar sozinho, me deixou com muito tempo livre durante longos 5 dias, que aproveitei para passear e me perder nas ruazinhas, fora dos tradicionais roteiros turísticos, e por isso deu pra fazer umas fotos que dificilmente se veria num catálogo de viagens. PAra ser preciso, esta é yuma coleçao de fotos noturnas. Espero que vocês gostem.
De interesse cultural en Xangai
Shanghai World Financial Center
(12)
A margem direita do rio Huang Pu é a área chamada Pudong. Hoje é o centro financeiro e comercial mais importante de toda China. O Shanghai World Financial Center (SWFC) é o mais alto arranha-céu do país (492 m). Com uma forma bem característica, como se a parte superior fosse vazada. Há três mirantes, mas o mais fantástico é localizado a 440 metros.
Zonas de Compras en Xangai
Rua Nanjing
(10)
A rua Nanjing de Xangai é a maior avenida comercial do mundo. Fica mesmo no centro da cidade; na verdade, atravessa a praça do Povo, e divide-se em West Nanjing Road e East. A zona de West Nanjing é movimentada, cheia de trânsito, arranha-céus e está abarrotada de centros comerciais de lujo (Plaza 66, Citic...), com todas as marcas de moda mais luxuosas do mundo. East Nanjing Road é, pelo contrário, pedonal e um pouco mais tranquila, se é que isso pode ser dito de alguma das ruas de Xangai... Hermés, Gucci, Loewe, Ermenegildo, Armani, Loius Vuitton, Marc Jacobs, Burberrys... são apenas algumas das marcas que têm lojas nesta rua. Também há marcas espanholas, como a Zara ou Tous. Para além dos centros comerciais, também há vários restaurantes e alguns cafés (algo muito pouco habitual noutras partes da cidade, já que tomar café é uma coisa muito mais ocidental).
De interesse turístico en Xangai
Torre Pérola Oriental
(3)
Torre Pérola Oriental Definitivamente um dos meus edifícios favoritos, e olha que não é o mais alto de Xangai nem nada disso, mas pela forma do edifício em si, um dos mais espetaculares. Custa 120 yuanes (12 euros, mais ou menos), subir no topo e contemplar as vistas maravilhosas da zona financeira de Pudong e do resto de shanghai. O preco da entrada é cara comparado com os preços na China, mas na minha opiniao vale muito a pena.
Lojas en Xangai
Lojas típicas da decoração chinesa
Na área da antiga cidade chinesa de Xangai, ao sul do dique de Bund, na margem ocidental do do Rio Huangpu, existem inúmeras lojas de decoração tipicamente chinesas. Os chineses são muito supersticiosos, e a maioria deles penduram estes ornamentos de tecido vermelho (feito de nós) nas portas ou paredes de suas casas para promover a harmonia em seus lares. Estes ornamentos também significam paz, longevidade e perfeição, e os chineses acreditam que atraem boa sorte e afastam os maus espíritos das casas. A origem da maioria desses enfeites vem das antigas dinastias Tang e Song (desde o ano 618). Além disso, também também vendem as típicas lanternas vermelhas em suas várias formas.
Templos en Xangai
Templo do Buda de Jade
(9)
Templo budista no centro da cidade com uma muralha amarela alaranjada onde dá pra encontrar diferentes sales com diferentes cenas de deuses budistas e pessoas ajoelhadas rezando para eles. Dá pra fazer muitas fotos, ainda que um chinês me disse que dá azar fotografar os budas.
Praças en Xangai
Praça do Povo
(3)
Praça do Povo é como se fosse o centro neurologico de Xangai, tanto em relaçao ao comercio com suas lojas e ruas, como pela estaçao de metro, ou seja, fica bem cêntrico mesmo, e também tem umas vistas que sao um reflexo da nova China, edifícios de design e arquitetura impressionantes, estátuas, jardins e esculturas que fazem dessa parte um lugar imprescindível.
Ruas en Xangai
Rua Wujiang
(2)
A parte antiga da rua Wujiang de Shanghai (Metrô West Nanjing Rd) é uma das mais populares entre os chineses para comer espetinhos típicos do país, ou os famosos "xiaolongbao", as autênticas bolinhas recheadas típicas desta cidade chinesa e que são imitadas por toda parte do país. É muito interessante caminhar por esta rua, que é reservada para pedestres, e observar como os chineses comem e quais são os lugares mais populares. Em toda a rua só há restaurantes e cabeleireiros, em uma estranha combinação própria da China. Os pratos com caranguejo também são muito populares aqui, e você pode encomendar os pratos para viagem ou comê-los à mesa dentro de estabelecimentos. O colorido e o movimento de bicicletas e pessoas na Wujiang Rd faz com que essa seja uma das áreas mais autênticas que você poderia encontrar em Xangai, além de que não encontramos muitos turistas por ali.
Lojas en Xangai
Bazar no bairro antigo de Xangai
(4)
Os bazares na antiga cidade de Xangai são muito abundantes. Este é um exemplo de um deles, na rua Fuyou, onde poderão encontrar todo o tipo de coisas, desde um despertador até camisetas, passando por brinquedos, miçangas, óculos de sol ou decorações tradicionais chinesas. Os preços costumam ser muito baratos, mas é preciso regatear até um terço do preço que te dizem inicialmente.
Estações de Comboio en Xangai
Estaçao de Trem Maglev
(6)
Sem dúvida, a melhor opção para ir do aeroporto de Pudong em Shanghai a cidade em si, custa 50 yuanes (uns 5 euros) e em 5 minutos você chega. Se vas a shanghai também nao dá pra nao pegar o trem mais rápido do mundo e viajar a 432 km/h. Você também pode ir do aeroporto para a cidade em outras opçoes como ônibus, táxi, metrô ou maglev, mas eu recomendo pegar o maglev pelo menos uma vez.
Zonas de Compras en Xangai
Xintiandi
(2)
Xintiandi é uma área bastante peculiar de Xangai. É um conjunto de casas antigas (de 1900), chamadas de "shikumen", restauradas para alojar restaurantes, cafeterias e lojas para os bolsos mais abastados da cidade. Não que seja tão caro, mas o fato de que está sempre cheio de turistas e quase nenhum chinês é bastante suspeito. Além disso, o ambiente continua a ser um tanto artificial, embora as casas sejam autênticas e muito bonitas. A zona situa-se no bairro Concessão Francesa e lá você pode encontrar desde uma loja de Adolfo Dominguez quanto restaurantes italianos, tailandeses, alemães... terraços (que não são tão comuns como nas ruas da Europa), e adegas de vinho ou artesanato. Nas proximidades há lojas de roupas bastante interessantes, algumas parecidas com as do Mercado de Fuencarral de Madrid, onde você pode comprar o mais recente em roupas esportivas, camisetas ou bolsas de marcas alternativas. Além disso, você não pode perder a casa-museu do Primeiro Congresso do Partido Comunista Chinês e o das Shikumen, ambos estão nesta área.
Lojas en Xangai
De interesse turístico en Xangai
Túnel do Rio Huangpu
(2)
Abaixo do rio Huangpu,lá de Xangai passa um túnel turistico onde você se pode atravessar o rio a partir da zonda oeste para a leste a pé. É muito fácil de encontrar,já que se pode entrar pela rua Zhongshan ou pelos túneis de pedestres que vao desde o outro lado desta rua até o passeio do Bund. Os armários também são subterrâneas e você também poderá comprar o bilhete antes de entrar no túnel. A entrada do túnel vale aproximadamente 4 euros, e é a única maneira de passar o rio a pé desde a avenida. Agora, por outro lado, na área de Pudong, você vai ver mais de perto o horizonte da cidade incrível e acessar um dos melhores mercados da cidade, o Museu da Estação da Ciência e Tecnologia.
Museus en Xangai
Museo de Xangai
(4)
Este museu é o mais importante de Xangai e um dos mais importantes da China. Ele está localizado na Praça das Pessoas, no centro da cidade, e tem o formato de um antigo vaso de bronze chinês. É um museu que é diferente de qualquer outro que exista na China, a maioria tem explicações em inglês muito simples, instalações ruins e coleções escassas. A coleção deste museu é excelente, especialmente a antiga galeria de cerâmica chinesa, com objetos do período da Dinastia Tang, como porcelana e objetos de cerâmica. Também vale a pena a galeria de antigos artefatos chineses de bronze. Há uma galeria de pintura chinesa, que abriga pinturas das dinastias Tang, Song, Yuan e Ming e outra galeria de caligrafia, uma das minhas favoritas. Outras salas que você pode visitar são: da arte de minorias, da antiga jade chinesa, das moedas, dos selos, das esculturas chinesas... É um museu muito completo e vale a pena reservar uma manhã para visitá-lo. Fecha às 17h00.
De interesse cultural en Xangai
Qibao
(4)
Qi Bao, em chinês: O que 七宝 sete (七) tesouros (宝), mas tenho certeza que gostarás tanto que poderás contar alguns tantos mais. Em japonês esses símbolos chamam-se Shippo, por isso quando falo do lugar onde estou no video chamo-o dessa forma, pois já conhecia a leitura chinesa do nome, mas depois pesquisei para saber dar a transcrição correcta. Esta localidade encontra-se a 15 km de Shangai e ainda mantem o encanto das cidades tradicionais chinesas, pode-se chegar facilmente de onibus de linha. Caracteriza-se por duas coisa básicas: uma são seus canais, onde podemos alugar embarcações como se fosse uma gôndola de Veneza (mas não cante italiano, claro) e outra por suas ruas comercias, onde podemos encontrar desde tecidos, chás, artesanatos até restaurantes. Se não pensamos se os estabelecimentos têm passado pela inspeção de saúde, aqui nós podemos comer tão variados um preço justo. Ah! E barganhes por tudo!

O que visitar e o que fazer em Xangai

Vai viajar para Shanghai? Parabéns! Não pode imaginar as coisas que há para fazer em Shanghai. A cidade não é somente uma das mais cosmopolitas e animadas de toda a China, e sim uma das regiões de maior destaque cultural do país. A arquitetura e a arte são os itens que mais chamam atenção em Shanghai.

A região de Pudong se converteu no verdadeiro simbolo da cidade, se tornando um dos lugares imprescindíveis que conhecer em Shanghai. Seus arranha-céus e a Torre de Televisão Pérola do Oriente (Oriental Pearl TV Tower), a terceira mais alta do mundo, compõe esse perfeito cenário, fazendo com que o céu da cidade seja uma das imagens mais fotografadas. A Jin Mao Tower é também uma das mais altas torres da cidade e está entre as belas atrações de Shanghai.

O Bund, o antigo bairro colonial, contrasta com Pudong. Ali nos surpreendemos com atrações tão distintas: edificações de estilo gótico, neoclássico, Art Deco. A Aduana, o antigo Banco de Hong Kong e Shanghai, o Peace Hotel e o Banco da China são algumas dos lugares que visitar em Shanghai nesta região.

Os Jardins de Yuyuan e o Templo do Buda de Jade são lugares que ver em Shanghai que recordam a essências e tradições da cidade e do país. Lugares tranquilos e belos onde se respira a alma e a espiritualidade chinesa.

Por último, depois de passar um dia de turismo na cidade, a Praça do Povo (People's Square) é um dos lugares turísticos de Shanghai que não pode faltar na lista. Não é apenas um lugar muito animado onde tomar algo antes de continuar a jornada, mas sim um cenário histórico que acolhe lugares bem interessantes como o Museu de Shanghai e o Teatro da Cidade.

Não pense mais e se prepare para desfrutar da cidade.