Na app poderás ver muito mais, e bem mais rápido
Download
Aonde queres ir?
Gostas de Mealhada ?
Partilha com todo mundo
Entrar com Google +

O que visitar em Mealhada

21 colaboradores

8 lugares que ver em Mealhada

Bosques en Mealhada
O Bosque Encantado - Mata do Buçaco
(5)
Muito perto de Coimbra, encontramos um lugar surpreendente para a prática de caminhadas e que se chama O Bosque Encantado, e que realmente é a Mata do Buçaco. A sua Origem é do Seculo VI, quando uma comunidade de monges Benedictinos chegaram ao Vale. Depois passaram as terras às maõs do Bispado de Coimbra que a princípios do ano 1628 as cedeu aos Carmelitas Descalços os quais contruiram o mosteiro nesse mesmo ano. Existem planos de caminhadas, mas não são imprescindíveis para percorrer este lugar, embora para realizar uma visita mais profunda se tenham traçado dois tipos de percursos, o histórico, e o botânico, e aqui sim são muito interessantes os folhetos, que podem ser conseguidos nos postos de Turismo. Portanto, um lugar surpreendente, pouco conhecido fora de Portugal e que significa o encontro com uma flora que dificilmente poderemos ver noutro lugar.
Jardins en Mealhada
Parque Urbano de Mealhada
Na confluência da estrada que vai para o Luso e Cúria, duas cidades termais por excelência, é esta grande parque urbano aberto ao público desde setembro de 2009. Este parque da cidade como ele reza na mesma entrada, ocupa uma área de 14 hectares aproximadamente, e é um grande espaço verde destinado principalmente a praticar desporto e tempo livre. Esta grande obra emblemática visam melhorar a qualidade de vida dos cidadãos deste belo cenário, onde ainda temos um grande monumento. O parque tem várias instalações desportivas como tênis, basquetebol, pista de bicicletas, parque infantil, etc.
Palácios en Mealhada
De interesse turístico en Mealhada
Fonte Fria
(1)
Um dos lugares mais encantadores do bosque do Buçaco é a Fonte Fria. Está escondida no meio do bosque e não seria nada fácil localizar este lugar se não fosse pela estrada que permite ir até o hotel-palácio de carro, que passa por aqui. Trata-se de uma cascata impressionante que parece surgir do próprio bosque e que desce até uma pia maravilhosa que se encontra numa clareira. A cascata é alimentada por seis nascentes do bosque e tem uma enorme inclinação, a torna ainda mais bela, se possível, já que se pode ver todo o percurso de longe. Para além disso, criaram-se umas escadas de cada lado da cascata, o que a tornam ainda mais solene e permitem ao mesmo tempo que o visitante possa percorrer o curso da água. No entanto, tem uma grande inclinação e custa um pouco subir todas as escadas. A pia que há na clareira é também uma autêntica jóia, pois está completamente rodeada de magnólias, o que lhe dá um encanto especial. Trata-se de um lugar mágico rodeado de árvores gigantescas que cobrem tudo de centenas de verdes diferentes. É um lugar que inspira uma tranquilidade abrumadora e onde alguém poderia passar o dia inteiro a meditar, sem precisar de fazer mais nada.
Igrejas en Mealhada
Mosteiro do Buçaco
O mosteiro do Buçaco parece insignificante por estar junto ao grande hotel palace do Buçaco, no entanto, quando nos aproximamos, podemos ver que se trata de uma autêntica preciosidade. Foi fundado em 1628 pela ordem das carmelitas descalças e denominou-se Mosteiro de Santa Cruz, apesar de toda a gente o conhecer como mosteiro do Buçaco. Actualmente a igreja e o claustro, que como dizia se encontram junto ao hotel, conservam-se em muito bom estado. A porta da igreja é uma autêntica maravilha; tem três bonitos arcos e tem adornos de elementos dourados que fazem com que brilhe ao sol. É preciso pagar para ver o interior da igreja, mas muito pouco, apenas 60 cêntimos. Ao entrar, deparamo-nos com um bonito claustro que chama muito a atenção porque os seus tectos estão construídos com lascas de madeira. Eu nunca tinha visto este tipo de estrutura e tenho de reconhecer que fica muito bem. Para além disso, as portas e algumas das paredes também têm esta composição. Desde o claustro, podemos aceder à igreja que é formada por apenas uma nave com uma planta de cruz latina e com uma abóbada na intersecção com o cruzeiro. Tem várias esculturas e três túmulos que pertencem a portugueses importantes. Desde a igreja chegamos a duas salas pequenas onde encontramos algo muito tipicamente português, mas que a mim continua a chamar-me muito a atenção. Trata-se dos altares nos quais toda a gente deixa fotografias com partes do corpo que precisam que se curem. Por exemplo, um dos altares era dedicado à cura do cancro de mama e havia centenas de fotografias junto a peitos de plástico. Se voltarmos ao claustro, poderemos ver outras salas pequenas onde instalaram uma espécie de museu com ferramentas que os monges utilizavam e algumas fotografias. Por certo, na entrada do mosteiro há uma placa na qual se explica que Wellington dormiu uma vez numa das celas do convento que agora utilizam como museu.
Miradores en Mealhada
Alta Cruz
(1)
Alta Cruz é o ponto mais alto da Serra do Buçaco, também conhecida como serra da Alcoba, a qual está no centro de Portugal, para ser exacto no concelho da Mealhada. Alta Cruz está a 549 metros acima do nível do mar embora pareça muito mais alta, já que de lá se pode avistar toda a paisagem da zona e, além disso, nos dias claros chega-se a ver o oceano Atlântico.
Jardins en Mealhada
Jardins de Buçaco
(1)
Se o hotel Palace do Buçaco, situado no centro de Portugal, na freguesia do Luso, é uma autêntica maravilha, os jardins que estão ao seu redor não ficam atrás. São uma autêntica obra de arte e estão cuidados e atendidos como se de uma criança se tratara. Abrangem todo o hotel e têm diferentes espaços. É uma autêntica maravilha visual.
De interesse cultural en Mealhada
Via Crucis do Buçaco
(1)
O que mais me espantou do Buçaco foi a Via Crucis que há na floresta. Trata-se de vinte pequenas capelas que estão pela floresta do Buçaco em cujo interior estão representadas as diferentes estações da Via Crucis por meio de figuras modeladas a tamanho real. As figuras são de barro e podem chegar a meter medo se não sabermos que estão nestes lugares, que foi o que aconteceu comigo.