MINUBE
Continuar na app
Abrir
Aonde queres ir?
Gostas de Lourdes ?
Partilha com todo mundo
Entrar com Google +

De interesse cultural em Lourdes

3 de interesse cultural em Lourdes

De interesse cultural en Lourdes
Gruta de Massabielle
(3)
O centro de devoção para os peregrinos de Lourdes reside na gruta de Massabielle, onde a Virgem Maria apareceu a Bernadete 18 vezes. Hoje, há um altar com um grande lustre, e, ao fundo da caverna se recorre água que jorra da rocha. Também puseram uma estátua de mármore de Carrara da Imaculada Conceição. Milhares de peregrinos vêm a cada ano movidos pela fé e esperança de uma cura para eles e os seus. Outros para pagarem suas promessas concedidas.
De interesse cultural en Lourdes
Gruta de Lourdes
(14)
Em Lourdes você vai encontrar um paraíso cristão. Mais que ver a representação da Virgem, me chama mais a atenção à espiritualidade que permeia a atmosfera. Aconselhável se você gosta das filascaudas ... Fila para ver a virgem de perto, fila para entrar na igreja e fila para pegar um pouco de água "curativa" ... A proposito, para aqueles que vão só pelo interesse e não pela adoração, a virgem não está dentro do templo, mas debaixo deste, no lado de fora, no lado mais próximo do rio. Ao lado de fontes. Saudações
De interesse cultural en Lourdes
Via crucis Espélugues
Colocando-nos em frente à basílica, do lado direito fica a Gruta das Aparições, e, à esquerda, há uma montanha chamada Espelugues, onde fica a rota de peregrinação dos milagres, que representam as 14 estações de Cristo, representadas por esculturas em cor dourada. Esse caminho é chamado de Via Crucis (na impossibilidade de perigrinar a Jerusalém, na Idade Média inventou-se este conceito) e, no caso de Lourdes, não tem apenas funções de rota religiosa (caminho de peregrinação e penitência), também oferece belas vistas da vila e seu castelo, assim como (se as condições o permitirem) dos montes Pirenéus. O caminho completo é circular e tem um comprimento de 1500 metros ... Os quais, às vezes são complicados entre uma paisagem de montanha e de floresta. Mas tanto no aspecto religioso como no turístico (ou meramente visual e cultural), se tiver tempo, vale muito a pena.