Na app poderás ver muito mais, e bem mais rápido
Download
Aonde queres ir?
Gostas de Lagos ?
Partilha com todo mundo
Entrar com Google +

Monumentos Históricos em Lagos

7 Monumentos Históricos em Lagos

Monumentos Históricos en Lagos
Antigo Mercado de Escravos
(3)
Mercado de escravos, está localizado na Plaza de Príncipe Henry, como resultado de expedições africanas, no século XV foi criado aqui, o primeiro europeu escravo mercado. O atual edifício foi reconstruído após o terramoto de 1755, tem dois andares, é atualmente um centro cultural com exposições diferentes salas e uma galeria de arte, a fachada destaca-se o brasão de armas do Marquês de Nisa.
Monumentos Históricos en Lagos
Muralhas e Torreões
(2)
A localização estratégica de Lagos atraiu diferentes civilizações (fenícios, gregos, cartagineses e romanos), mas não até o século X, com o domínio muçulmano, quando a primitiva vila de pescadores adquire uma maior importância e se constrói uma grande muralha para proteger a cidade. Tudo o que vemos hoje foi edificado sobre estas construções, e concluídas no século XIV. Rodeavam a denominada Vila Adentro (o centro histórico primitivo de Lagos), que tinha planta hexagonal. Nos séculos XVI e XVII foram reforçadas com vários pilares, dos quais cinco sobrevivem até hoje, e duas portas. Desde o parque Judice Cabral há bons locais nesses muros e pilares para se observar a região. O acesso a pé ao centro da cidade pode ser feito a partir daqui, atravessando a Porta dos Quartos.
Monumentos Históricos en Lagos
Porta da Praça de Armas
(1)
Encontramos este lugar por acaso. Lagos é uma cidade onde estacionar grátis é bastante difícil, por isso procurando um local mais próximo do centro histórico, encontramos a porta da Praça de Armas da Cidade, e pensamos que esta área da muralha era tão boa para começar a nossa jornada como qualquer outra. A primeira coisa que nos chamou a atenção foi a Via Crucis, que logo comprovamos que acabava na Ponta da Piedade,e em seguida, um pequeno edifício muito colorido junto ao arco, que nos chamou muita atenção.
Monumentos Históricos en Lagos
Casa da Dízima
Exemplo de arquitetura civil do XVII-XIX, localizado na Plaça do Infante, ligado à antiga muralha medieval, junto ao Castelo dos Governadores. Esta casa aparece referenciada em 1728 como o edifício que abrigava a aduana. De acordo com a inscrição na fachada, foi remodelada em 1737, embora tenha ficado em ruínas após o terremoto em Lisboa, sendo reconstruída novamente em 1820. Quando deixou de funcionar, ficou sob o uso do Hospital de Lagos.
Monumentos Históricos en Lagos
Arco de São Gonçalo
A porta do Arco de São Gonçalo é uma das entradas para o centro histórico de Lagos a partir da orla marítima(em frente ao Forte Ponta da Bandeira).Fica ao lado do Castelo dos Governadores, e está integrado ao muralha de proteção do século XIV, ladeada por duas torres de acompanhamento, seguindo o modelo construtivo militar de edifícios islâmicos. Foi declarado Monumento Nacional em Portugal. Em seu interior, há uma pequena capela dedicada ao padroeiro de Lagos, São Gonçalo de Lagos. A capela foi erguida neste lugar porque se supõe que aqui que se encontrava a casa natal do padroeiro no ano de 1360. A festa é celebrada em 27 de outubro.
Monumentos Históricos en Lagos
Armazém Regimental
O Armazém do Regimento (Armazém Regimental) é outro dos edifícios notáveis da ​​Praça do Infante, situado em frente à Igreja de Santa Maria. É um exemplo da arquitetura militar do século XVII, destinado a guardar os bens que estavam a bordo dos navios que chegavam em Lagos. Tem duas portas de madeira, e sobre cada um delas pode ser visto o brasão de armas do Reino do Algarve. O porta maior é grande e chamativa, de madeira e arrematada por um frontão barroco pintado de um amarelo alaranjado,e é o único exemplar que resta dos sete passos da Via Sacra, que foram espalhados pela cidade.
Monumentos Históricos en Lagos
Hospital Militar
O antigo Hospital Militar é o maior e mais luminoso edifício na Praça do Infante, e a sua grande fachada pintada de um branco impecável é deslumbrante. É um edifício cívico construído entre os séculos XVIII e XIX para fins militares: Abriga o hospital militar. Neste mesmo local se encontrava em 1490 a antiga prefeitura (O Palácio do Concelho), e em 1696 o convento e hospital de San Juan de Dios. Após o terremoto em Lisboa, se construiu um edifício atual com vários órgãos dispostos em torno de um pátio central.