Na app poderás ver muito mais, e bem mais rápido
Download
Aonde queres ir?
Gostas de Braga ?
Partilha com todo mundo
Entrar com Google +

O que visitar em Braga

420 colaboradores
Os mais visitados em Braga
Igrejas en Braga
Santuário do Bom Jesus do Monte
(25)
1 actividad
Monumentos Históricos en Braga
Mosteiro de São Martinho de Tibães
(9)
Igrejas en Braga
Igreja do Pópulo
(10)
Catedrais en Braga
Catedral de Santa Maria - Sé de Braga
(12)
1 actividad
De interesse turístico en Braga
Elevador do Bom Jesus do Monte
(11)
Monumentos Históricos en Braga
Praça da República
(6)
Monumentos Históricos en Braga
Arco da Porta Nova
(7)
Teatros en Braga
Theatro Circo
(2)
Palácios en Braga
Palácio do Raio
(6)
Igrejas en Braga
Igreja de Santa Cruz
(1)
Museus en Braga
Museu dos Biscainhos
(2)
Igrejas en Braga
Casa e Capela dos Coimbras
(1)
Feiras en Braga
Mercado Ornitológico
(6)
Jardins en Braga
Jardim de Santa Bárbara
(5)
Igrejas en Braga
Santuário do Bom Jesus do Monte
(25)
1 actividad
Igrejas en Braga
Igreja do Pópulo
(10)
Igrejas en Braga
Igreja de Santa Cruz
(1)
Igrejas en Braga
Casa e Capela dos Coimbras
(1)
Igrejas en Braga
Igreja de São Paulo
(1)
Igrejas en Braga
Igreja Senhora A Branca
Igrejas en Braga
Igreja do Carmo
Igrejas en Braga
Igrejas en Braga
Igrejas en Braga
Igreja de São Vitor
(1)
Igrejas en Braga
Igreja de São Vicente
(1)
Igrejas en Braga
Capela de São Frutuoso
Monumentos Históricos en Braga
Mosteiro de São Martinho de Tibães
(9)
Monumentos Históricos en Braga
Praça da República
(6)
Monumentos Históricos en Braga
Arco da Porta Nova
(7)
Monumentos Históricos en Braga
Torre do Postigo
(2)
Monumentos Históricos en Braga
Casa Rolão
(1)
Monumentos Históricos en Braga
Convento das Convertidas
Monumentos Históricos en Braga
Cruzeiro de Tibães
Monumentos Históricos en Braga
Claustro do Cemitério (Mosteiro de Tibães)
Monumentos Históricos en Braga
Banco de Portugal
Monumentos Históricos en Braga
Lar Conde Agrolongo
Monumentos Históricos en Braga
Fonte de São Salvador de Montélios
Monumentos Históricos en Braga
Muralhas de São Salvador de Montélios
Monumentos Históricos en Braga
Seminário de Santiago
Monumentos Históricos en Braga
Convent of La Inmaculada
Monumentos Históricos en Braga
Monumentos Históricos en Braga
Mosteiro de São Martinho de Tibães
Monumentos Históricos en Braga
Escadas do Bom Jesus
Monumentos Históricos en Braga
Fonte do Pelicano
Monumentos Históricos en Braga
Fonte do Largo Carlos Amarante
Praças en Braga
Praça do Município
Praças en Braga
Largo Carlos Amarante
(1)
Praças en Braga
Praça da República
(1)
Praças en Braga
Largo da Senhora-A-Branca
(1)
Praças en Braga
Campo das Carvalheiras
Praças en Braga
Praça de São Tiago
Praças en Braga
Largo do Paço
(1)
Praças en Braga
(1)
Praças en Braga
Terreiro de Moisés
Praças en Braga
Largo de São Francisco
(1)
Praças en Braga
Largo de Santa Cruz
Praças en Braga
Largo de São Paulo
Praças en Braga
Largo da Praça Velha
(1)
Palácios en Braga
Palácio do Raio
(6)
Palácios en Braga
Muralha do Paço Episcopal
(2)
Palácios en Braga
City Hall of Braga
(6)
Palácios en Braga
Palácio Senhora-A-Branca
(2)

191 lugares que ver em Braga

Igrejas en Braga
Santuário do Bom Jesus do Monte
(25)
Duas vezes eu visitei este santuário, a primeira não tive a oportunidade de subir as escadas assim que tenho que voltar para poder fazer e para ver tudo o que elas detêm, é um passeio interessante que acaba na igreja com umas vistas expectaculares da cidade de Braga. Merece a pena si não faz por as escadas se pode chegar de carro a terrenos mais elevados.
1 actividad
Monumentos Históricos en Braga
Mosteiro de São Martinho de Tibães
(9)
Esta igreja é a fonte de origem do Mosteiro de São Martinho de Tibães, em torno do qual se fundou esse mosteiro beneditino. Para visitá-la por dentro terá que pagar 4€ de entrada, uma vez que é acessada através do Claustro do Cemitério pelo interior do mosteiro anexo. Mas a visita realmente vale a pena, porque é espetacular. É considerado um dos grandes templos do país e um dos grandes marcos da arte barroca. Foi construída no século XVII sobre as ruínas de outra anterior de estilo românico. Na construção trabalharam arquitetos como Manuel Alvarez e André Soares. A portada é ladeada por duas altas torres sineiras. Mas o que é realmente impressionante é o seu interior e, em especial, subir até o coro, onde há uma panorâmica espetacular do templo. Possui um único altar com várias capelas laterais e tetos abobadados bastante altos. Possui uma rica decoração barroca e rococó com muitos retábulos de talha dourada, quase toda elaborada por José Ferreira Vilaça, que ingressou na Ordem Beneditina (seu nome de monge era Frei José de Santo Antônio Vilaça). Na parte superior o mais notável é a sillera do coro, o Cristo Crucificado (s. XVIII) e o órgão, que inclusive tem esculturas na parte inferior da base. Quanto aos retábulos, destacam as esculturas, esculpidas em madeira de castanheiro, de São Martinho de Tours, São Benedito, o grupo escultórico de São Joaquim, Santa Ana e do altar da Sagrada Família, bem como o mobiliário rococó do altar, da capela principal e das velas de páscoa. Horário de visitação na igreja e do mosteiro: De terça a domingo das 10h as 13h e das 14h as 18h. Há visitas guiadas (em Português) as 11h, 14:30h, 15:30h e as 16:30h. Há Missas: Diariamente às 19:30h (19h no inverno) e aos domingos às 11h. Os sábados são reservados para casamentos.
Igrejas en Braga
Igreja do Pópulo
(10)
O convento do Pópulo está ligado à igreja de mesmo nome, na Praça Conde de Agrolongo. As construções tanto do convento quanto da igreja começaram no século XVI, embora tenham sofrido várias alterações ao longo dos séculos. Desde 1834, com a extinção das ordens religiosas, o local passou a ser de propriedade da Câmara Municipal; em 1834 foi a sede da Infantaria, e agora é usado para abrigar várias secretarias municipais. O mais significativo do convento são os grandes painéis de azulejos datados do século XVIII que estão dentro (especialmente na nobre escadaria), e podem ser visitados gratuitamente, basta acertar a vista com a Câmara. Representaram motivos religiosos e naturalistas.
Catedrais en Braga
Catedral de Santa Maria - Sé de Braga
(12)
A Catedral de Braga (ou Sé de Braga), é a primeira em Portugal com arquitetura em estilo românico e foi encomendada pelo bispo Pedro de Braga, em 1070. Em 1128, deu-se início a construção do prédio com cinco capelas à frente, por iniciativa de D. Paio Mendes, sendo Nuno Paio o encarregado da obra. A fachada foi construída por Jorge da Costa, no início do século XVI, e conta com duas torres para os campanários. Foi concluída por Diogo de Sousa, que mandou fazer as trancas da entrada da Catedral. O interior tem três naves e teto de madeira. Em 1688, o arcebispo Rodrigo de Moura Teles mudou toda frente barroca e mandou construir a cúpula que ilumina o crucifixo. Já a capela maior, construída por Juan del Castillo, é do começo do século XVI e mantém ainda dois órgãos em uso, o do Evangelho, de 1737 e o da Epístola, de 1739, De Simon Fontanes e decorados por Marceliano de Araújo. Há várias capelas ao redor do claustro. Como a Capela de S. Geraldo, construída pelo arcebispo Geraldo de Moissac, no estilo barroco e com azulejos atribuídos ao pintor Antonio Bernardes de Oliveira. Quando o arcebispo foi canonizado, Dom Fernando da Guerra lhe dedicou a capela e o enterrou nela, no retábulo principal. No solo está enterrado Rodrigo de Moura Telles. A Capela dos Reis, em estilo gótico, foi construída pelo Arcebispo de Braga, Lorenzo Vicente. Nela estão os túmulos dos pais de Afonso I, primeiro rei de Portugal, e de Lorenzo Vicente. A Capela de Nossa Senhora da Glória foi construída por Dom Gonzalo Pereira para abrigar sua tumba. O túmulo gótico é trabalho dos escultores Mestre Pero e Telo Garcia. O carrilhão foi inaugurado no século XVII e é um dos maiores de Portugal. Em 1996, 23 sinos foram substituídos e transferidos para o Museu Tesouro da Catedral, que teve mais de 200 sinos. É um show ouvir os sinos, tanto pela melodia quanto pela duração. Nas instalações da antiga casa do Cabildo, encomendado no início do século XVIII, pelo arcebispo Rodrigo de Moura Teles, localiza-se o Museu Tesouro da Catedral, onde é permitido fotografar, assim como no interior da Catedral, mas SEM flash.
1 actividad
De interesse turístico en Braga
Elevador do Bom Jesus do Monte
(11)
Este teleférico é a opção mais confortável para evitar aglomerações ao andar nas intermináveis escadaria que sobe para 116 metros acima do nível do mar até o topo da montanha Espinho, onde está o Santuário do Bom Jesus. Tomado ao pé da escada, então, anteriormente tinha convertido lá em cima de carro (há um estacionamento) ou de ônibus da cidade. É cerca de 5 Km do centro da cidade. É o funicular mais antigo da Península Ibérica, que decorreu desde 1832, e curiosamente, ele funciona por contrapeso de água. Sua construção foi ordenada pela empresa chefe Manuel Joaquim Gomes. É composto por uma carroça velha com bancos de madeira e capacidade para 38 pessoas. Vem a cada 15 minutos, bem como para subir ao santuário para sair, mas eu recomendo que você a subir através do funicular e descer a pé para ver a escadaria, já que é um dos mais importantes e característicos deste centro de peregrinação. A duração da viagem é de cerca de 3 ou 4 minutos e custa 1 euro por pessoa para cada viagem. Funciona diariamente das 7.30 às 20:00.
Monumentos Históricos en Braga
Praça da República
(6)
Um dos edifícios mais notáveis ​​na Praça da República é conhecido como "Arcada", devidos aos arcos que são vistos no térreo da construção. Foi construído no século XVI por Dom Diego de Sousa, embora modificado em 1715 pelo seu sucessor, Rodrigo de Moura Teles. Sua função era facilitar a passagem de carruagens e mulas que transportavam as mercadorias aos comerciantes da praça, da rua do Souto. Depois de alguns anos, no centro do edifício foi colocada a Igreja de Nossa Senhora da Lapa. Agora, sob as arcadas há vários cafés, bares e restaurantes, onde há uma ótima atmosfera e os lugares são disputadíssimos; um dos estabelecimentos mais emblemáticos é o Café Vianna, pela sua tradição, com fundação desde 1858. Logo atrás está a Torre de Menagem (ruínas do castelo e salão de exposições).
Monumentos Históricos en Braga
Arco da Porta Nova
(7)
Este arco monumental conecta duas ruas da cidade de Braga: a Rua Comercial do Souto (em frente ao Museu da Imagem) e a de Campo das Hortas. Devido a suas características e beleza, ele está classificado como Monumento Nacional. Era um velho muro que foi transformado em porta, construída pelo arcebispo Diego de Sousa no século XVI, apesar de sua aparência atual é o resultado da reforma conduzida por André Soares no século XVIII, a pedido de Gaspar de Bragança. O arco tem dois lados diferentes: o lado externo (em direção ao Campo das Hortas) é rococó e é emoldurado por duas colunas que sustentam um frontão, com dois pináculos laterais, onde parecem os escudos de Gaspar de Bragança e os braços de Portugal; já o interior (na direção da Rua do Souto) tem apenas um pilar e pináculo de cada lado e no centro um nicho com a imagem da Virgem.
Teatros en Braga
Theatro Circo
(2)
Este teatro está localizado no calçadão da Avenida da Liberdade, que fica bem no Centro de Braga. O prédio chama a atenção pela fachada monumental, com predomínio da pedra, mas com área pintadas com um vermelho marcante. O teatro foi construído no ano de 1911 e é um dos maiores e mais belos de Portugal, com uma capacidade para 1.500 espectadores. Como em quase todos os teatros, com a revolução causada pelo cinema o local deixou de ser um teatro e passou a ser uma sala de cinema, até que em 1988 foi adquirida pela Câmara Municipal de Braga, que o restaurou anos mais tarde e, desde o final do ano de 2006 tornou-se o principal foco cultural da cidade. Ali são realizados todo tipo de eventos, desde espetáculos artísticos como balé, concertos, conferências, exposições, etc. Se você quiser conhecer o teatro por dentro, ligue e veja a possibilidade de organizar uma visita guiada dentro do teatro. Segundas-feiras são feitas e os bilhetes custam 1,5 euro.
Palácios en Braga
Palácio do Raio
(6)
Na freguesia de São José de São Lázaro, logo atrás do CC Granjinhos e da Fonte do Ídolo, se encontra o Palacio del Rayo. Ele é considerado um dos mais belos palácios da Europa da arquitetura rococó, e também é conhecido como "Casa do Mexicano". Foi construído no século XVIII pelo arquiteto André Soares, embora tenha sido remodelado no século XIX (quando foram adicionados aos azulejos na fachada). Sua fachada é monumental e muito suntuosa, com dois andares e uma única simetria que se destaca pela decoração profusa em torno das janelas e varandas. A parte superior contém balaustrada de granito, decorada com vasos. Atualmente pertence à Santa Casa da Misericórdia de Braga, juntamente com o Hospital de São Marcos.
Igrejas en Braga
Igreja do Hospital São Marcos
(1)
Construída no século XVIII. As laterais foram desenhados por José Graça Fernandes e o trabalho em pedra e escultura de Carlos Amarante. Não influenciadas pelo rococó, tem características barrocas na projeção do corpo central da fachada, onde há uma estátua de São Marcos, o padroeiro da igreja. Também há motivos clássicos que sobressai na impressão geral da fachada. As relíquias do corpo do Apóstolo São Marcos estão na Igreja. A fachada é impressionante, demos uma olhada rápida por dentro, mas não se podia ver muito bem como estavam em missa e lotada.
Igrejas en Braga
Igreja de Santa Cruz
(1)
A igreja Holy Cross foi construída no início do século XVII e é barroca. No século XVIII, fizeram o saneamento e, para isso, demoliram toda a igreja, deixando apenas a fachada. A igreja é muito bonita, especialmente a fachada. Ficamos impressionados com a decoração da ponta. Devemos também ter em conta o órgão.
Museus en Braga
Capela da Nossa Senhora da Torre
(1)
Esta capela é ligada a uma das portas antigas da cidade de Santiago. É de estilo rococó, e contruida no ano de 1755 por André Soares. A visita ao local nos permite chegar ao topo da torre, onde podemos ver, além da história da cidade e sua evolução, uma coleção de antiguidades, como máquinas de escrever, telefones, máquinas de costura, máquinas fotográficas, moedas, selos , etc ... Por um maior preço ainda inclui a entrada ao museu Pio XII, mas você pode obtê-los separadamente.Nós não gostamos muito da visita em si, porque a história da cidade é contada em algumas exposições interativas que são muito lentass e, geralmente, se perde muito tempo. O melhor, sem dúvida, é a vista que se tem de Braga.
Museus en Braga
Museu dos Biscainhos
(2)
O museu está localizado em um belo palácio residencial construído no século XVII. Este palácio barroco aristocrata com espaçosos quartos de luxo, mostra o cotidiano da nobreza daquele século, bem como as numerosas referências à vida de outros que passaram por ali: serviçais, escravos...Na casa está exposta uma coleção de artes decorativas dos séculos XVII e XVIII: mobiliário barroco, cerâmica, porcelana, copos, talheres e pinturas. Os jardins, inspirados nos jardins franceses do século XVIII são um dos mais conservados da arte época barroca. O jardim conta com um labirinto de camas de madeira. Para embelezar, há janelas e portões ornamentais, esculturas, painéis de azulejos, um pavilhão, um mirante e duas paralelas monumental. Entre as muitas árvores existentes, a mais importante é a Virginia Tulipero plantada no século XVIII. Declarada como bem de interesse público em 1949. Atualmente, uma parte da propriedade é protegida pela cidade de Braga, depois do local ter abrigada a Assembleia Municipal por um período de tempo. O museu foi inaugurado em 1978. É uma visita agradável, mas que precisa de um tempo do seu dia. A visita pela casa conta com um guia, já a parte dos jardins você pode conhecer dando uma caminhada.
Igrejas en Braga
Casa e Capela dos Coimbras
(1)
Esta casa e capela situa-se na [poi = 120023] Largo São João do Souto [/poi], anexado ao lado direito da [poi = 119456] Igreja de São João do Souto [/poi] e é declarado [b] [/ b] monumento nacional de Portugal. É também conhecido por Capela de Nossa Senhora da Conceição, dois Coimbras ou capela Capela do Senhor Morto.esta composto por dois edifícios: junto à igreja de São João do Souto é pequena capela privada, com fachada de pedra; Está separada da segunda fase do edifício por um pequeno jardim. O último é um estilo de Palácio de estilo manuelino, construído no século XV como residência dos eclesiásticos.A capela torre de quadrada e é dedicado a Ntra Sra de la Concepção.
Igrejas en Braga
Igreja e Convento dos Congregados
Esta igreja está localizada na margem direita da Avenida Central, na freguesa de S. José de S. Lázaro. Ela é classificada como Imóvel de Audiência Inters (IPP) devido às suas características. Ela era a igreja do convento da Congregação de São Felipe Neri. Começou a ser construída no século XVIII, de acordo com projeto do arquiteto André Soares, mas não foi concluída até o século XX por Manuel Fernandes da Silva. A igreja conta com uma fachada rococó impressionante, ladeada por duas torres altas. Sobre a porta central foram erguidos em nichos separados as estátuas de S. Filipe de Nery e S. Martinho de Dume, ambas do escultor Manuel Nogueira da Silva, em 1964. No interior da igreja, destaque para o teto da capela decorada com gesso rococó, o magnífico retábulo barroco de Nossa Senhora das Dores (por Andr Soares em 1760), e do altar de San Antonio, conduzido por Marceliano de Araújo. Ao lado da igreja está o edifício da Universidade de Mio, que pertence ao Convento do claustro Congregados.
Feiras en Braga
Mercado Ornitológico
(6)
Todo domingo acontece em Braga, na parte exterior do Mercado Municipal um mercado ornitológico. Vínhamos de visitar a Igreja do Carmo e, de longe, nos chamou a atenção a quantidade de pessoas que estavam por ali e o som dos pássaros cantando, resolvemos nos aproximar para ver o que estava acontecendo. Havia um monte de barracas com uma incrível variedade de aves de diferentes espécies, cores e tamanhos (canários, passarinhos, periquitos, papagaios ...), bem como todos os tipos de acessórios para aves (gaiolas, comedouros, alimentação, etc). É claro, estava tudo sendo vendido. Havia também, em menor quantidade, filhotes de cachorro. Achie um mercado curioso, que não havia visto em nenhum outro lugar. O Mercado Municipal é um edifício relativamente moderno de concreto (1980) desenhado pelo arquitecto Eduardo Souto de Moura.
Igrejas en Braga
Capela de São Bento da Porta Aberta
(1)
É uma pequena capela localizada na rua Hospital, em anexo ao hospital e Centro Ortopédico, carinhosamente chamado de "São Bentinho da Porta Aberta", porque eles sempre têm as suas portas abertas. O nome se deve à pequena estátua de San Bento que está no local. A igreja tem formato octogonal e no seu interior há um pequeno altar e paredes revestidas de azulejos. Esta pequena capela é ponto de uma grande devoção popular. O pórtico que está na entrada chama atenção, é uma estrutura metálica onde as pessoas colocam seus presentes (velas, moedas e ovos) com pedidos ou graças ao Santo.
Jardins en Braga
Jardim de Santa Bárbara
(5)
Um dos jardins públicos de Braga é sem dúvida um dos mais bonitos que já vi, e de certeza dos mais floridos que já vi, este jardim destaque exactamente pelo seu colorido que deixa qualquer um fascinado como uma criança quando vê muitos embrulhos no natal. De destacar também além da sua fonte do sec XVII com uma estátua de Santa Bárbara no topo (que dá nome ao jardim), localizar-se junto à ala Medieval do Paço Episcopal Bracarense dando uma mística totalmente diferente a este espaço.
Atividades em Braga
Civitatis
(551)
15
Civitatis
(260)
90
Civitatis
(222)
90
Civitatis
(376)
40
Imperdível
Civitatis
(153)
55
Civitatis
(38)
65
Civitatis
(46)
110
Civitatis
(150)
15
Civitatis
(54)
100
Civitatis
(103)
75
Civitatis
(12)
98
Civitatis
(13)
115
Civitatis
77
Civitatis
(1)
15
Impressionante
Civitatis
280
Civitatis
299

O que visitar e o que fazer em Braga

A Praça da República é um ótimo ponto de partida para começar a explorar as essenciais atrações de Braga. Se chega até a praça através do Arco da Porta Nova, antigo portão da muralha da cidade construído no século XVI e reformado pelo arquiteto André Soares. Passeando pelas ruas de pedestres da parte histórica nos deparamos com dois dos mais importantes monumentos da cidade, a Catedral de Braga (Sé de Braga) e o Palácio Arzobispal. Outros lugares que ver em Braga de visita obrigatória para conhecer a importância da cidade como centro religioso são a Igreja do Pópulo (que segue o design da Igreja de Gesú, em Roma), a Capela dos Coimbra, a Igreja da Misericórdia, e a Igreja de Nossa Senhora. Também se pode visitar em Braga vários palácios como o Palácio do Raio,
e o Palácio dos Biscainhos. No entanto, é na periferia da cidade onde encontramos os lugares turísticos de Braga mais famosos e visitados, o Santuário do Bom Jesus do Monte e o Santuário do Sameiro, o segundo centro de peregrinação de culto mariano mais importante de Portugal depois de Fátima. Agora, se você se pergunta o que fazer em Braga além de conhecer monumentos religiosos, duas das excursões mais interessantes que se realizam na cidade nos conduzem ao Parque nacional da Peneda-Gerês (único parque nacional do país a apenas uma hora de Braga) e o vale do Rio Cávado, um dos recursos turísticos mais importantes de Portugal.

Navegue entre as experiências compartilhadas dos usuários do minube e descubra muito mais o que conhecer em Braga como a Fonte
do Pelicano, a praça Largo do Paço, as ruínas de
Citânia de Briteiros, o Mosteiro de Tibães e os castelos de Braga e de Guimarães.