Na app poderás ver muito mais, e bem mais rápido
Download
Aonde queres ir?
Gostas de Norte ?
Partilha com todo mundo
Entrar com Google +

O que visitar em Norte

4.764 colaboradores

1.985 lugares que ver em Norte

Pontes en Porto
Ponte de D. Luís
(166)
A ponte de D. Luís I foi construida em 1886 pelo discípulo de Eiffel, Theophile Seyrig. Com dois andares e um impressionante arco de ferro, liga a parte do Porto com a sua vizinha Vila Nova de Gaia, onde se encontram as famosas adegas de vinho do Porto. Na parte superior da ponte, passa o eléctrico, enquanto que na inferior passam os carros e há passeios para os peões em ambos os andares. Desde o andar superior há umas vistas impressionantes do Douro, assim como uma bela panorâmica do rio. Na parte inferior há um café tranquilo com uma esplanada mesmo à beira do rio onde se podem desfrutar de umas vistas e pores-do-sol estupendos.
Rios en Porto
Ribeira do Douro
(59)
Chegando a Ribera para aproveitar um passeio de barco ao longo do Rio Duero. Esta é a porta de entrada para os cruzeiros do Rio Douro. Todas as rotas são muito semelhantes, e realmente valeu a pena fazer uma das muitas que ofereciam. Você vai sentindo a brisa enquanto contempla os bancos da cidade, alguns inclusive chegando ao mar. O passeio custa 10 euros e dura 50 minutos, com entrada para uma das vinícolas e em uma mini degustação de vinhos pelas bodegas. Saímos no dia seguinte para as vinícolas Grahams, ainda que fizemos o passeio um dia antes do cruzeiro às 15h, para aproveitar as melhores horas de sol para sentir um pouco de vento frio e descansar dos passeios pela cidade com suas encostas íngremes. Na praça, que está justo atrás você pode tomar uma cerveja tranquilamente, enquanto assam sardinhas em um churrasco improvisado. Depois, à noite você pode jantar em um dos muitos restaurantes que inundam a Ribera com preços acessíveis. Tivemos peixe, com um aperitivo que é cobrado, indicado na carta e uma garrafa de vinho da região por cerca de 25 euros os dois
Bairros en Porto
Cais da Ribeira
(78)
A zona mais típica da cidade do Porto é o cais da Ribera, situado na zona baixa, na margem do rio Douro. É uma espécie de passeio marítimo mas fluvial, cheio de esplanadas e bares com muito ambiente e sempre muito concorrido; também existem várias pensões e hospedarias, e o elevador, que sobe à zona alta, até à rua Mouzinho da Silveira. Num dos extremos, encontra-se a Praça da Ribeira, que foi o centro da actividade comercial da cidade do século XIV ao XIX. Ao final do cais, encontra-se a emblemática Ponte de Luís I que comunica a cidade do Porto com a de Vila Nova de Gaia, onde se encontram as caves de vinho do Porto. Ao longo do cais existem empresas que organizam cruzeiros pelo Douro. A Ribeira é o lugar mais típico do Porto e foi declarado Património da Humanidade pela UNESCO.
Lojas en Porto
Livraria Lello
(97)
A livraria é maravilhosa. Tem de se pagar entrada, mas descontam o valor, se comprar livros. Os livros encontram-se alinhados nas prateleiras, distribuídas pelos 2 pisos, ligados pela mais bela escada de caracol de madeira trabalhada e degraus vermelhos que se destacam no centro da livraria. No tecto os vitrais deixam passar a luz natural. É difícil movimentarmo-nos livremente devido à multidão. Percebo porque tiveram de começar a cobrar entrada.
Catedrais en Porto
Sé Catedral do Porto
(54)
O edifício mais importante de Porto é a Sé, situada na zona alta da cidade (Batalha) junto às muralhas antigas. Para chegar até lá o melhor é apanhar o funicular dos Guindais. Foi declarada monumento nacional e ao longo da sua história tem sofrido muitas alterações e reconstruções, pelo que apresenta uma mistura de estilos. Começou a ser construída no século XII.
Igrejas en Porto
Igreja dos Clérigos
(40)
Considero pessoalmente esta igreja e a Torre dos Clérigos como os monumentos que melhor representam a cidade do Porto, juntamente com a sua ponte de Luís I, sendo os lugares mais emblemáticos da cidade. Trata-se de um conjunto que pertence ao estilo barroco e rococó, tendo sido edificado no séc. XVIII pela ordem dos Clérigos, realizado em pedra, sendo a torre o que completa o edifício como ex-libris da cidade. Está situado na zona mais alta da cidade portuguesa do Porto, e desde aí é vista em todos os lugares. A sua entrada para subir à parte mais alta da torre custa 1 euro, e fecham aos domingos e feriados. A igreja, por sua vez, só fecha às quartas-feiras. Os autocarros que chegam a esta parte do Porto são: 3, 6, 20, 52 e 78.
Estações de Comboio en Porto
Estação Ferroviária de São Bento
(59)
Iremos visitar, sem dúvida, a estação de S. Bento se formos viajar de comboio, mas também é muito recomendável irmos até lá e entrar para vê-la por dentro, porque é um autêntico Monumento. Foi construída sobre os restos do antigo Mosteiro de S. Bento de Avé Maria, por volta do ano de 1900, e desenhada por Marques da Silva. O aspecto exterior é elegante, com influências da arquitectura francesa da época. Mas no interior, o corredor é espectacular, mais próprio de uma igreja do que de uma estação. Está tudo coberto com painéis de azulejos (mais de 20.000), realizados pelo pintor Jorge Colaço, nos quais se representam várias histórias; em todo o perímetro da zona superior, está representada cronologicamente a história dos meios de transporte, até o aparecimento dos meios ferroviários; na parte inferior, cenários da história portuguesa. Há outros mais pequenos dedicados a cenas da vida quotidiana da região, ou a momentos pontuais de feitos históricos, como o torneio de Arcos de Valdevez. Também tem janelas enormes que iluminam o interior. Em frente à magnífica estação, encontra-se a igreja de Santo António dos Congregados.
Jardins en Porto
Jardins do Palácio de Cristal
(32)
Inaugurado em 1865 para a Exposição Internacional do Porto o Palácio de Cristal era um belo Palácio de 150m de comprimento e 75 de largura, construído em granito, ferro e vidro, por Thomas Dillen Jones baseado no Crystal Palace de Londres que acabou por ser demolido para dar espaço ao actual Pavilhão Rosa Mota que se pode ver nas fotografias. Mas a grande beleza deste local é sem dúvida os seus belos jardins, por onde gaivotas, pombos e até pavões se passeiam e nos fazem companhia enquanto apreciamos a beleza extraordinária deste local. Destaco o lago esplêndido mesmo ao lado do pavilhão, mas este jardim é conhecido é pelos seus espetaculares miradouros sobre o Douro e até sobre o mar. É sem dúvida um jardim belíssimo, que embora nem sempre vir referido nos guias turísticos, vale mesmo a pena a visita. Quase que é vizinho do Restaurante Capa Negra por isso é fácil dar lá um saltinho e descansar saboreando a beleza deste local!
De interesse turístico en Porto
Cruzeiro das 6 pontes
(28)
Uma das principais atracões turísticas da zona ribeirinha da cidade do Porto são os cruzeiros pelo Douro, para visitar as 6 pontes que existem sobre o rio. Existem várias empresas que organizam este tipo de cruzeiros, mas todos têm início do Cais da Ribeira. Curiosamente, os barcos chamam-se “rabelos” e são embarcações típicas utilizadas antigamente para o transporte de tonéis de vinho. Existem diferentes tipos de barcos, com capacidade variável, entre 70 e 100 pessoas. O barco, no qual eu fui, é o “Ré Douro”, que tem uma parte coberta e outra descoberta (normalmente toda a gente se senta na zona descoberta porque se tem melhores vistas e a brisa é agradável, mesmo correndo o risco de se molharem um pouco). Durante o trajecto explicam, por altifalante e em diversos idiomas, as distintas coisas que se vai vendo (também dão um folheto quando se compra o bilhete): - O Cais da Ribeira, declarado Património da Humanidade pela Unesco. - O Mosteiro da Serra do Pilar, símbolo de Vila Nova de Gaia. - A Ponte do Infante D. Henrique, recorde mundial de arquitectura. - A Ponte de Maria Pia, desenhada por Eiffel. - A Ponte de São João, de cimento. - A Ponte do Freixo - A emblemática Ponte de D. Luis I (de 1886), ao lado dos pilares da antiga ponte pênsil. - A cidade de Vila Nova de Gaia, com as suas variadas caves de Vinho do Porto e o Museu do Vinho. - A Igreja de Massarelos, dedicada a S. Telmo, padroeiro dos pescadores. - A Ponte da Arrábida. - A vila piscatória de S. Pedro da Afurada. - A colina do Palácio de Cristal. - O Museu do Carro Eléctrico. - O edifício da antiga alfândega ou Casa do Infante. - A Igreja de S. Francisco, do século XVI. O preço anda por volta dos 10-12€ por pessoa e a viagem dura uns 50 minutos a uma velocidade média de 16 km/h. Pode parecer um pouco banal, mas desfrutei muito do cruzeiro, apesar de no final ter começado a chover…
Mercados en Porto
Mercado do Bolhão
(49)
O mercado é, sem dúvida, um dos lugares mais típicos da cidade, e que todos os visitantes devem conhecer. Este mercado ocupa um quarteirão inteiro, e encontra-se muito perto do moderno Centro Comercial Porto Gran Plaza. Pode-se chegar até lá de metro, já que a paragem está mesmo ao lado e tem o mesmo nome (Bolhão). É um lugar curioso, já que o edifício está oco por dentro. Tem vários andares e os comércios distribuem-se em corredores perimetrais à volta de um grande pátrio central. O mercado vende alimentos, principalmente, e os estabelecimentos estão agrupados por produtos (uma zona para o peixe, outra para a carne...), mas há outras zonas onde se vendem flores, velas e objectos de cera, prendas do género de lembranças de casamento, etc. Também há alguns cafés e bares, que também servem refeições e comida rápida.
De interesse turístico en Porto
Funicular dos Guindais
(16)
Peguei o funicular no conselho da pessoa que me recebeu no escritório de turismo, eu disse: A maneira mais rápida de subir para a área mais alta da cidade para visitar a Catedral (no bairro da Batalha), a partir de na margem do Douro onde eu estava (Doca Ribeira). Estação um pouco escondido, mesmo em frente da Ponte de Luís I, e sobe para a Rua Augusto Rosa (há também o reverso). Na estação máquinas de bilhetes, você tem que ter o Z-2, para gasto da viagem € 0,95 (2 minutos). Cabine moderna, janelas panorâmicas, capacidade para 20 pessoas. Curiosamente, este funicular existe desde 1891, foi recuperado depois de mais de um século de inactividade. Operado pela Metro do Porto. Outra maneira mais acima do bairro tomar livremente o Elevador da Ribeira, deixando-nos na C / Mouzinho Silveira.
Igrejas en Braga
Santuário do Bom Jesus do Monte
(24)
Duas vezes eu visitei este santuário, a primeira não tive a oportunidade de subir as escadas assim que tenho que voltar para poder fazer e para ver tudo o que elas detêm, é um passeio interessante que acaba na igreja com umas vistas expectaculares da cidade de Braga. Merece a pena si não faz por as escadas se pode chegar de carro a terrenos mais elevados.
Igrejas en Porto
Capela das Almas
(24)
A Capela das Almas está localizada na animada Rua de Santa Catarina e, certamente, é um edifício que não passa despercebido, não pela grandeza dele, mas porque a sua fachada é revestida inteiramente de azulejos retratando passagens da vida de São Francisco de Assis e Santa Catarina. Este revestimento de azulejos, tão típicos destas latitudes, é trabalho do ceramista Eduardo Leite e data do final do século XX (1929). A construção da capela data do início do século XVIII.
Monumentos Históricos en Braga
Mosteiro de São Martinho de Tibães
(8)
Esta igreja é a fonte de origem do Mosteiro de São Martinho de Tibães, em torno do qual se fundou esse mosteiro beneditino. Para visitá-la por dentro terá que pagar 4€ de entrada, uma vez que é acessada através do Claustro do Cemitério pelo interior do mosteiro anexo. Mas a visita realmente vale a pena, porque é espetacular. É considerado um dos grandes templos do país e um dos grandes marcos da arte barroca. Foi construída no século XVII sobre as ruínas de outra anterior de estilo românico. Na construção trabalharam arquitetos como Manuel Alvarez e André Soares. A portada é ladeada por duas altas torres sineiras. Mas o que é realmente impressionante é o seu interior e, em especial, subir até o coro, onde há uma panorâmica espetacular do templo. Possui um único altar com várias capelas laterais e tetos abobadados bastante altos. Possui uma rica decoração barroca e rococó com muitos retábulos de talha dourada, quase toda elaborada por José Ferreira Vilaça, que ingressou na Ordem Beneditina (seu nome de monge era Frei José de Santo Antônio Vilaça). Na parte superior o mais notável é a sillera do coro, o Cristo Crucificado (s. XVIII) e o órgão, que inclusive tem esculturas na parte inferior da base. Quanto aos retábulos, destacam as esculturas, esculpidas em madeira de castanheiro, de São Martinho de Tours, São Benedito, o grupo escultórico de São Joaquim, Santa Ana e do altar da Sagrada Família, bem como o mobiliário rococó do altar, da capela principal e das velas de páscoa. Horário de visitação na igreja e do mosteiro: De terça a domingo das 10h as 13h e das 14h as 18h. Há visitas guiadas (em Português) as 11h, 14:30h, 15:30h e as 16:30h. Há Missas: Diariamente às 19:30h (19h no inverno) e aos domingos às 11h. Os sábados são reservados para casamentos.
Reservas Naturais en Miranda do Douro
Parque Natural do Douro Internacional
(11)
Los Arribes como se denomina Zamora ao profundo barranco escavado pelo Douro, é um espaço Zamora comparte com Portugal, com quem o rio faz fronteira para contiunuar depois rumo a Salamanca. Deste modo, por vezes, o Duero desce mais de 400 metros, provocando incrivel uma "garganta d'agua" geologica, cujo os desniveis foram aproveitados para a produçao de energia eletrica. Na margem Portuguêsa pode apanhar um barco para uma grande turnê do Douro, e ouvir a explicação oficial de um biólogo Português vamos descrever todos os lugares nós que visam à da cabine do navio.
Estações de Comboio en Porto
Eléctrico do Porto
(21)
O eléctrico é, actualmente, mais que um meio de transporte - é uma atracção turística, devido à aparição do metro e outros transportes mais modernos e rápidos. No Porto, apenas funcionam meia dúzia de eléctricos e só por quatro linhas, mas não deixa de ter o seu encanto poder dar um pequeno passeio num destes antigos "carros eléctricos" de madeira pelo centro da cidade. Pode-se visitar o Museu do Carro Eléctrico, onde se exibem várias máquinas restauradas. Uma das linhas do recente metro circula pela parte superior da Ponte Luís I, comunicando o Porto com Vila Nova de Gaia, a cidade que fica no outro lado do Douro.
De interesse cultural en Porto
Casa da Música
(12)
Foto tirada do ônibus turístico. Esta é a principal sala de concertos da cidade do Porto desde 2001, aquando do evento Porto - Capital Europeia da Cultura.
Ruas en Porto
Avenida dos Aliados
(38)
Uma das avenidas principais (eu diria que é a mais importante) do Porto é a dos Aliados. Começa na Rua Formosa (onde se encontra o edifício da Câmara Municipal) e vai descendo até a Praça da Liberdade. É uma avenida muito larga, com um passeio central muito amplo e para pedestres, no qual há muitas esculturas, e em ambos os lados do mesmo há duas faixas de rodagem (uma para subir e outra para descer). Faz-me lembrar um pouco as Ramblas de Barcelona. Dos dois lados da Avenida sucedem-se uma multitude de edifícios do século XIX, muitos deles ocupados por hotéis e pensões. Uma das esculturas mais relevantes deste passeio é a estátua equestre de Pedro IV, realizada pelo escultor belga Antoine Calmels em 1866. A estátua está colocada sobre um pedestal de pedra, e mede 10 metros de altura; representa o imperador montado a cavalo, e segurando na mão direita a "Carta Constitucional".